Transando Com O Primo Na Casa Da Vovó

Transando com o primo na casa da vovó

Era mês de julho, época de férias, eu e meus primos costumavamos viajar para Ribeirão Preto sempre neste período para passar as férias na casa de nossos avós. Eu e meu primo Davi eramos os mais velhos dos netos. Ambos estávamos com 18 anos de idade. Ele era moreno , meio musculoso, alto e muito gostoso. Já há algum tempo nos olhavamos de uma maneira ousada… O fato era que tinhamos desejos um pelo outro.

Certa noite todos estavamos à mesa jantando.

Neste dia todos jantamos mais cedo pois meus avós iriama uma confraternização na casa de alguns amigos. Dois de nossos primos, os mais novos, acompanharam nossos avós e Davi e eu ficamos os dois sozinhos em casa jogando xadrez. Durante a partida nossos olhares pareciam quererem revelar que algo estava por acontecer.

Foi ficando tarde e fui até o quarto me trocar, por uma camisola, mas ptometi ao meu primo que voltaria para continuarmos o jogo. Ao voltar encontrei Davi apenas de cueca na sala onde estavamos jogando mas, achei normal porque como tinhamos a mesma idade fomos criados com muita intimidade. O jogo reiniciou com um clima diferente , em eu dado momento Davi reparou o decote de minha camisola e fez elogios aos meus seios. Tive uma sensação esquisita de vergonha e prazer. Os comentarios dele em relação aos meus seios aumentaram e num gesto meio impulsivo tirei a camisola e os mostrei ao meu primo dizendo: – Não é silicone é natural veja só.

Davi levantou da cadeira e foi ao meu encontro. Ele acariciava meus seios com as duas mãos me deixando muito exitada. Quando menos esperava ele me agarrou pela cintura e demos um beijo que quase nos deixou sem ar. Depois do beijo notei que Davi estava bastante exitado, tanto que notava-se o grande volume que se formava por debaixo de suas roupas íntimas. Não aguentando mais de tesão fomos para meu quarto. Eu não estaa me reconhecendo. Parecia não ser eu. Tiramos toda a nossas roupas e pulamos na cama. Iniciamos com um gostoso sexo oral. Davi tinha um cacete mediano de uns 20cm de comprimento, mas bastabte grosso e eu tinha uma bucetinha apertadinha porém muito gulosa. Abocanhei o cacete do meu primo e chupei como se fosse um sorvete, Davi gemia de tanto prazer, logo senti o gosto adocicado de sua porra em minha boca. Em seguida Davi chupou minha bucetinha com tanta habilidade que me deixou com um desejo enorme de pica. Já não aguentando mais de tesão disse para Davi que enfiasse todo o seu cacete em minha bucetinha. Davi sem piedade socou de uma só vez gritei de tanto prazer. Depois ele ficou enfiando e tirando e pedindo para eu rebolar. Davi gozou em jatos fortes que encheram toda minha bucetinha. Apos um breve descanso reiniciamos a transa. Dessa vez cavalguei sobre sua rola até a madrugada. Fiquei toda ardida de tanta rolada que levei….. uma gostosura. As férias inteiras foram regadas com muito sexo. Transavamos todos os dias, várias vezes ao dia e em vários lugares diferentes. Em uma próxima oportunidade conto da nossa transa noturna na piscina…foi D+.

Contos relacionados

A Minha Primeira Vez

A minha primeira vez Meu nome é Andreia 37 anos recém feitos e um corpo, na minha opinião, muito bonito. Apesar de eu ser casada há 18 anos tenho um estranho desejo por outras mulheres que às vezes até me tira o sono, estou na dúvida entre...

A Garota Do Bate Papo

          Esse é o meu primeiro conto (verídico) e para tanto, faço uma breve descrição do meu físico. Moreno, olhos castanhos, 175 mts, 39 anos, corpo em forma, não faço musculação, mas pratico atividade física com regularidade, pós...

Minha Vida Secreta De Puta

Minha Vida Secreta de Puta Após inúmeros contatos telefônicos, decidimos que nos encontraríamos naquela noite... Apesar do tio de um deles, já ser meu cliente a um certo tempo, fiquei ressabiada com o fato de sair com mais de um homem ao...

A Vadia Do Papai

Meus pais ainda não estavam preparados para me receber, entre idas e vindas de um relacionamento conturbado eu acabei perdendo a minha mãe num parto prematuro. Não sei precisar quando tudo isso começou, mas foi mais ou menos assim. Eu era a gatinha do...

Minha Noiva Piranha Do Ex Marido

Prezados...tudo bem. Meu nome é Ítalo tenho 31 anos e moro em Minas Gerais, há dois anos conheci minha noiva Maíra, de 35 anos. Ela ainda era casada quando nos conhecemos, mas não demorou muito para que separasse do marido e começássemos a planejar...

Prova De Adultário

Eu vinha a uns três meses me relacionando com uma colega do serviço, eu sabia que ela era casada mas, nos só nos encontrávamos quando o marido dela estava trabalhando ou quando conseguíamos sair mais cedo, raramente nos telefonávamos e quando fazíamos...