Traindo o noivo

Sou noiva a 3 anos, sempre fui fiel a ele, usarei nomes ficticios.

Tenho 24 anos meu nome é Alice, tenho 1.65m, boca pequena com piercing nos labios, seios medios, pernas grossas, bumbum grande, piercing no umbigo e sou bem branquinha.

Meu noivo marcou com um amigo dele de sairmos para uma baladinha, ele eu e seu amigo e a mulher dele,como sempre, mais dessa vez seu amigo convidou um conhecido dele o Fernando que foi com uma ficante.

Logo que fomos apresentados reparei nesse, careca, alto, musculoso e bem simpatico, a noite foi passando Fernando era uma homem muito bonito(gostoso), sempre que era oportuno dava uma espiadinha em seu corpo e rosto. Até que reparei que ele me media toda vez que meu noivo não estava por perto, e começamos a trocar olhares, fazia questão de ficar proxima dele apenas para provoca-lo, a noite acabou e ele me comeu com os olhos durante toda a balada, depois desse dia nunca mais o vi.

Até que alguns meses depois recebi uma solicitação de amizade no face, e era dele, demorei para lembrar quem era mais lembrei e o adcionei, na mesma hora ele começou a falar comigo, conversamos cerca de uma hora, até que ele lembrou da noite em que nos conhecemos, sem pudor nenhum ele disse;

Tenho cada parte do seu corpo gravada na minha mente, principalmente sua boca e esse piercing.

Eu apenas dei risada, em seguida ele continuou;

Eu vi que vc reparava em min, seu noivo estragou nossa noite não é?

Quando li isso, perdi toda a noção e fui tomada pelo tesão, e respondi sim, é verdade.Ele riu e disse;

Adoro mulher comprometida, principalmente as gostosas igual voce.

Isso me deixou com mais tesão ainda, e não respondi nada, ele continuou e disse;

Voce mora na mesma região que a minha não é?

Respondi que sim, ele logo disse ;

Hm então , to com saudade dele, vo ai te buscar pra voce me mostra o do umbigo, onde voce mora?

sem titubear passar o endereço e meu celular,ele disse que em 15 min estaria aqui, estava de shots pequeno e camiseta sem sutien, e nem fiz questão de coloca-lo, estava má intencionada. Marcamos em frente a uma pararia,quanto cheguei ,la estava ele com o carro parado, não pensei duas vezes entrei, e se apreçou em tirar o carro dali e sem cerimonia nenhuma disse;

Vou te levar pra minha casa e fazer oque devia ter feito aquela noite.

Eu respondi como quem não sabia do que ele estava falando;

Oque?

Ele olhou pra min e disse;

Te foder todinha, voce esta no meu carro pra isso não é?

Sem perder tempo respondi;

Com certeza.

Quando entramos em sua casa,ele me segurou pelo braço e disse;

Agora você é minha, vai fazer o que eu quiser. e e botou de joelhos no chão da sala e disse; CHUPA!!

Quanto tirei seu penis da causa fiquei louca, era enorme quase do tamanho de meu antebraço, nunca chupei um pau com tanto gosto, só o tirava da boca pra dizer;

Sou sua,SOU SUA, louca de tesão.

Ele me puxou pelo cabelo me colocou de 4 no sofá,abaixou meu shorts junto com a calcinha até o joelho, e nossa, como ele fodia, minha unica reação era de gemer casa vez mais alto, ele fodia com muita força, puxava meu cabelo fodia com gosto me fez gozar assim em 15 min de sexo amador maravilhoso, disse a ele que gozei, ele deu um sorriso de canto de boca e se sentou no sofá segurando seu pau, e disse vem.

Montei nele e logo coloquei a cabeça de pau na minha bucetinha ele segurou minha mão, olho no fundo de meus olhos e disse;

No seu cú, gostosa.

Dei um sorrisinho e fui chupar seu pau ,o deixei bem lambuzado com minha saliva, e sentei nele era muito grande doeu no começo, mais o tesão era tanto que quando percebi estava pulando naquele cassete enorme, delirando de prazer, ele só dizia vai chegar cansada em casa heim, cansada e assada noivinha.

Eu pedia para ele me foder de quatro mais ele dizia;

Só na proxima gostosa.

Fiquei 40 minutos , pulando e rebolando em seu pau enorme ja não aguentava mais, eu não reclamava, até que ele disse com um sorriso no rosto;

AJOELHA!!

Fiz oque ele pediu, e olhei nos olhos, ele me deu tapa no rosto e disse;

Gostosa comprometida eu trato assim!

E em seguida começou a gozar no meu rosto, foram 4 jatos que sujaram todo meu rosto e corpo.Em seguida ele pegou minha mão direita e o dedo anelar, tirou a aliança, com ela tirou toda a porra que ainda tinha em seu cacete e colocou em meu dedo de novo e disse;

Vai dar conta na proximo?

Eu disse:

Só fazendo pra saber.

Me limpei e ele me levou pra casa, ainda não marcamos a proxima, quando o fizer voces ficaram sabendo

Contos relacionados

Presente De Aniversório Para Esposa

Oi! Meu nome é Carlos noro em uma pequena cidade no sul do país, esta história q vou contar aconteceu no ano de 2004. Tenho uma esposa chamada Adriana muito gostosa loira 1,78 de altura, olhos azuis bunda redondinha, seios grandes. No ano de 2004 já...

A Loira Puta Do Tio Da Minha EX

A loira puta do tio da minha EX Olá caros fãs de histórias picantes aqui estou de novo para contar uma de minhas aventuras sexuais conto mais para o deleite dos leitores (as) do que outra coisa. Bem vou fazer uma breve reapresentação de como...

O Namorado

Sou Laura. Tenho 18 anos. Tenho 1,75cm, loira,corpo malhado , bronzeado com marquinha de biquíne e virgem! Todas as noites me masturbo.Adoro ver filmes eróticos na internet. Precisava de um orgasmo urgente!! Todas as minhas amigas já tinham transado...

Venda Do Carro

  Me chamo Flávio tenho 32 anos, resolvi vender o meu carro um Celta 2007/2008. Coloquei meu número de telefone para contato para que os interessados entra-se em contato a respeito do valor.    Um belo dia exatamente uma Quinta-feira, meu telefone...

Casal Com Saudade Sc

Oi, já tivemos uma experiência com uma amigo, somos casados a 12 anos eu me chamo Daniel 1,62, 75kg, 46 anos, calvo, ela lindinha 48 kg, 1,63, 34 anos, não é mulherão mas faz amor com muita vontade. Bem numas férias fomos para SC, e nos já tinhamos...

Novos E Deliciosos Prazeres... (2/4)

Novos e deliciosos prazeres... (2/4) Meu nome é Guilherme sou de Atibaia-SP, tenho 23 anos, e como já relatei em um conto anterior estou junto com a minha mulher também de 23 anos descobrindo aos poucos o prazer da ?traição compartilhada?, ou...