Meu Japa

Conheci Hiromi numa sala de bate-papo, não recordo agora qual era o tema, como todos devem ter percebido, rsrs era japonês… conversamos por muito tempo falávamos muita sacanagem e começamos a fazer sexo virtual.

A certa altura resolvemos nos encontrar , na realidade eu não tinha prestado atenção ao fato dele ser mestiço, era da minha altura , um corpo magro, mas meus queridos, qd chegamos ao Motel, este homem me jogou na cama  com uma fome que me deixou surpresa …parecia que as mãos e boca se multiplicavam pelo meu corpo, que chupadas …hummm, enfiou a cara entre minhas pernas separando os grandes lábios e chupando ambos os lados…um de cada vez, com bastante vagar, aquilo foi me enlouquecendo…eu via o pau dele duríssimo esfregando em minha perna, estava delirando de tesão, pelo meu lado já fui me agarrando ao seu pau que era de uma maciez que convidava a mamadas  , uma mão punhetando e a boca tentando engolir o mais possivel dele, chupando sem parar.

Fui descendo a boca , pelas bordas, até chegar ao escroto.   Era um corpo bem lisinho , uma das coisas que me atraem nos homens de origem asiática, não gosto de pelos.   

 A minha lingua brincou com as bolas, uma de cada vez e fui descendo , chegando na entrada do cuzinho dele. Ao tocar com a lingua nele, foi como se lhe tivesse dado um choque . Gemeu bem alto e atirou-se mais para a frente, facilitando, querendo sentir a minha lingua entrar no cuzinho, penetrar bem fundo. Fiz vários movimentos com a lingua, penetrando e tirando, deixando o buraquinho todo molhado. Ele estava doido de tesão. era interessante atentar ás reações do corpo, me dava muito prazer senti-lo entregue.

Então voltei  ao pinto dele, a boca engolindo de novo o mais possível.  Introduzi aos poucos  o meu dedo no cuzinho dele, já preparado pela minha saliva. Lentamente, até chegar no fim dele. Sentia o cuzinho dele abrir-se e apertar-se no meu dedo. Estava sem controle, doido de tesão. A minha boca continuando a chupar o pau sem parar, o dedo enrabando seu cu. Quando senti que o dedo deslizava fácil, introduzi dois dedos juntos. Ele gemeu um pouco, era  apertado. Mas com cuidado e lentamente, consegui levar os dois dedos até ao fundo, iniciando um vai-vem , abrindo-o. 

Ele estava alucinado, sua língua tinha se tranformado em um pauzinho, rsrs, como este homem chupava bem,  O controle já se tinha ido. Já gemia e dizia:- Seja o que for que esteja fazendo por favor, não para não! continuei manipulando até senti-lo esporrar em meu rosto, visto que continuávamos em posição de 69 mas eu havia parado de mamar o pau para me concentrar mais em comê-lo com os dedos, infelizmente saímos poucas vezes mas foi uma das fodas mais gostosas que me lembro. 

    Contos relacionados

    Meu Sonho De Consumo

    Nair é minha colega de trabalho. Sempre tive muito tesão por ela que tem seios grandes, é de pele clara com 1,70 de altura mais ou menos.Sempre imaginei ouvir seu gemidos na hora em que ela estivesse gozando. De vez em quando dava uma roçadinha de leve...

    Excursão A Itaipu

    Excursão a Itaipu  Uma vizinha no meu bairro frequentemente promove passeios turísticos e num desses passeios que essa minha historia começa. Normalmente se formam grupos de farofeiros onde cada um combina o que vai levar para comer mas, nesse o grupo...

    Meu Marido, Um Voyeur

    Meu marido, um voyeur Olá para todos, sou a Danielle tenho 23 anos e sou casada com o Ronny a quase 3 anos. Quero avisar a todos, principalmente as mulheres casadas que estiverem começando a ler esta histária que se tiverem rigidos principios...

    O Prazer De Ser Corno: Corno Submisso (1)

    O Prazer de Ser Corno: Corno Submisso (1) Conforme o relatado em "O Prazer de Ser Corno: Terceira (e Quarta) Vez", nos preparamos para encontrar os dois machos de Mônica naquele fim de semana. Ajudei minha esposa, tanto com as três enrabadas para...

    A Gatinha De E.S. Da Net Para O Hotel

    A gatinha de E.S. da net para o hotel A Gatinha de E.S. (da net para o quarto de hotel) Bom, tudo começou pela internet, famoso MSN eu cheguei na sua cidade, me acomodei num hotel bom, logo apos, liguei para ela, te convidei-a a ir me...

    Comi A Bundinha Da Minha Mulher

    Comi a bundinha da minha mulher Meu marido sempre quis traçar meu derriere. Não sou o estilo mulherão, com bunda grande, mas minhas horas de malhação até que me ajudaram. Ela é redondinha, não muito grande, e durinha. Eu nunca tinha feito...