Festa da Faculdade

Observação inicial: Tudo completamente ficticio.

•••

Sou Isabella, tenho 18 anos e moro no Rio de Janeiro. Era minha segunda semana na faculdade quando me convidaram para uma festa que a galera de mediciana havia organizado. Obviamente eu aceitei já que tinha poucos amigos e não conhecia muito gente no campos.

Era um sabado a noite e eu cheguei no clube onde haviam marcado. Eu estava sozinha pois nenhum dos meus amigos foram. Fui para o bar e peguei uma bebida nao alcoolica ja que eu voltaria sozinha. Um rapaz muito bonito, alto, moreno de pele clara e olhos escuros sentou ao meu lado.

— Oi, festa meio parada não é? — Ele disse.

— Sim, realmente. — Eu sorri.

— Qual seu nome gata?

— Isabella e o seu? — Perguntei

— Vinícius. Que tal irmos la pra cima animar as coisas?

Eu ja sabia que tipo de conselho era aquele e claro, aceitei. Fazia um tempo que eu não transava com ninguém.

Eu levantei e ajeitei meu vestido preto que era curto, ele batia nas minhas coxas. Eu era ruiva, olhos verdes, branca, magra e baixa.

Vinícius estendeu sua mão para mim e eu a segurei. Fomos para o segundo andar pela escadas. Entramos em um quarto vazio e ele trancou a porta.

Fuu jogada na cama com força. Retirei meus saltos e vi ele tirar sua camisa. Vinícius ficou por cima de mim e nos beijamos violentamente. Senti meu corpo todo ficar quente. Eu gostei bastante daquilo.

Ele foi descendo os beijos ate meu pescoço, deixando chupões. Senti ele rasgar meu vestido e tirar meu sutiã e calcinha. Fiquei totalmente pelada. Ele tirou o resto de roupa que tinha.

Vinícius chupou meu peito, me fazeno gemer alto. Senti seus dedos descerem até minha buceta, ele enfiou dois dedos de vez sem piedade alguma e os forçou para dentro.

— V-vini! — Gemi alto.

O homem continuou forçando e forçando, me fazendo gritar. Eu estava prestes a gozar, quando ele tirou o dedo e desceu beijos até minha bocetinha rosada. Ele fez um oral maravilhoso em mim, me fazendo ficar louca.

— Minha vez. — Falei, e o joguei na cama. Fiquei entre suas pernas e comecei a fazer um boquete.

Seu pau era grande e grosso, estava todo melado. Eu mal conseguia bota-lo todo na minha boca. Mas não posso negar, era realmente uma delícia.

Ouvi o gemer. Vinícius forçou minha cabeça para baixo, fazendo eu abrigar todo seu pau em minha boca.

— Sua putinha, me mame!

Depois de mais alguns minutos naquele boquete, ele afastou minha cabeça e me botou deitada na cama.

Ficou por cima de mim, e sem avisar enfiou seu pênis grande em minha vagina, me fazendo chorar de dor. Deferiu um tapa no meu rosto e outro na minha bunda.

— Vinícius! Aah! — Gritei.

— Você agora é só minha, sua vadia, geme pra mim. — Falou ele fazendo movimentos rápidos de vai e vem.

Ambos estávamos suados. Eu sentia meu ápice prestes a chegar. Em alguns segundos, gozei em seu pau.

— Hum! A putinha gozou. — Disse ele sorrindo maliciosamente.

Deu mais algumas estocadas em mim e depois tirou seu pau. Ajoelhei na sua frente e masturbei-o. Em poucos segundos, engoli todo o jato de porra.

Deitamos na cama cansados. Eu estava exausta e acabado.

— Obrigado por animar minha festa. — Falou ele.

Contos relacionados

Aprendendo A Chupar Com O Primo Mulato

?           Como aprendi a chupar um PAU? Gostaria de avisar aos leitores que sou bem detalhista, por isso, se você não gosta de um relato longo e rico nos detalhes, então não leia. Esta é uma experiência real. Amo receber...

Simpatia Para Casar

Simpatia para casar Simpatia para casar Namorei por três anos e já estava noiva há um ano e meio, meu enxoval já estava pronto e eu experimentava meu vestido de noiva. Com tantas mulheres reunidas na costureira só se ouvia besteiras, as...

Banho E Sexo Zoo

Voltamos de umas compras, tarde quente de inverno, por volta de 15:00 hrs, disse a minha esposa, bom dar um banho nos cães, deixa-los cheirosos; ela me olhou com uma cara de safada dizendo: é né, o que vc está tramando, respondo: nada só banho nos cães,...

Sem Querer....foi Uma Delícia!

Sem querer....foi uma delícia! Sou bem casada , 2 filhos.....2 filhos e marido que tem muitos afazeres. Os meninos cada um já tem suas coisas, meu marido trabalha muito e estávamos em pleno mês de janeiro. Convidei uma amiga para passarmos...

Colega Me Comeu

    Essa experiencia ocorreu a uns 3 anos, quando tinha 15 anos. Eu tinha altura normal, um corpo um pouco definido e meu colega era alto e com corpo bem definido. Eu sempre tive vontade de experimentar alguma coisa nova, adoro ver videos de travestis e...

Minha Mãe Transou Com O Meu Amigo

Minha mãe transou com o meu amigo Minha mãe teve 3 filhos (dois homens e uma mulher), sou o mais velho, tenho atualmente 22 anos. Cada um de nós tem um pai diferente, a minha mãe se casou três vezes entre outros tantos relacionamentos com vários...