Divertindo A Vizinha .

Divertindo a vizinha .

Minha historia é bem assim mesmo , sou Juliana. Tenho um marido gosto pra caramba o Lucas, somos um casal bem jovem e sempre gostamos de aprontar e fazer loucuras para satisfazer um ao outro .

Vou contar uma que acontece várias vezes e é uma coisa que não nos importamos , temos uma vizinha mau amada tadinha pelo marido a Patricia não é tão velha mas não tão jovem como gostaria de ser .

Eu e meu marido sempre fomos muito fogosos e um dia por acaso descobrimos que a vizinha que tem a casa praticamente coloda com a nossa fica espiando para ver se pega um desses nossos momentos de amor . Em fim eu e o Lucas resolvemos realizar de vez esse sonho dela .

Um dia Lucas chegou do trabalho todo de social como sempre o que chama minha atenção de uma forma exagerado – homem de social – e eu como já havia chegado do serviço tomei banho e coloquei um vestidinho super leve . Fiquei esperando ele na sala , sentada assistindo tv . Quando me desce as escadas aquele 1,72 de homem corpo moreno claro com o peitoral levemente definido , braço forte .Ainda molhado , cabelos inteiramente e com uma samba cansa que deixa ele uma delicia .

Ele me perguntou algo e de uma forma safada e sem ter nenhuma relação com a pergunta deu um sorriso de lado me olhando com aqueles olhares de algo a ser feito e logo me antecipei a perguntar :

– O que foi ? hmmmm já tá me olhando com aquela cara de que vai aprontar .

E ele já sacando que eu sabia que seu olhar escondia algo , logo me revelou :

– A Patricia esta na sacada do fundo … é é aquela mesma que se você inclinar um pouco mais da pra ver tudo o que acontece na sala particular do andar de cima da nossa casa sabe?…

Logo percebi o tom de desejo na voz dele e de mostrar homem não só em 4 paredes para mim em uma cama mas para despertar o desejo de cobiça da vizinha ao lado que claro nunca o teria , Lucas era louco pelo meu sexo isso sendo um dos motivos de termos casados .

Logo dei uma risada despertando o interesse e corri para a sala de cima conferindo se realmente a vizinha estaria por lá e lá estava ela , uma senhora não tão velha porém bem atenta ao que se passava ao redor.Então quando entrei na sala já fiz vários barulhos a fim de chamar atenção da mau amada e claro ela caiu e se inclinou quase se arriscando a cair da sacada .

Lucas entrou logo em seguida e com aquele olhar de desejo e mordendo os lábios e falando de forma que a própria vizinha poderia ouvir disse-me:

– AAAAAAH! você tá aqui safada , eu quero te pegar de jeito aqui e agora .

Eu dei muita risada da encenação e quase quebrei nosso disfarce mas gostava das nossas loucuras e para dar inicio ao pique fui ao encontro dele , passei a mão levemente da nuca passando pelas costas até chegar no elástico da samba canção , mas já querendo seduzir ele disse no ouvido:

– Eu quero brincar com você também seu safado aqui e agora …

Ele não se intimidou e logo começou a passar a mão na minha bum-da redondinha e ouvimos o barulho da vizinha se inclinando na varando e isso começou de certa forma a nos dar mais tesão . Começamos a nos beijar e acariciar , ele logo baixou a alcinha do meu vestido e beijou meus ombros e me falando varias besteirinhas me virou de costas para ele e beijando o meu pescoço , começou a acariciar minhas coxas durinhas e foi subindo e subindo até chegar em minha xaninha que ja estava molhada e por cima da calcinha rendada acariciou me deixando louca . Ele para me envolver mais disse em meu ouvido baixinho:

– Agora eu vou te comer beeeem gostoso e te deixar loca sua cachorra . Vou lamber essa bucetinha que o tesão que você vai sentir vai deixar a vizinha batendo punheta uma semana pensando em nós transando .

Eu dava risadinhas entre gemidos e foi quando senti o meu amor entrando com um dos dedos dentro da minha bocetinha molhada e então comecei desde já a gemer e muito e a sentir aquele pau volumoso logo atras na minha bunca crescendo cada vez mais .

Lembrei de olhar disfarçadamente para o lado e tentar localizar a vizinha e foi quando vi que ela estava paralisada como se estivesse vendo o melhor filme da vida . E o melhor é que tinha mais .

Ainda em uma parede próxima sem perder a visão da vizinha Lucas me empurrou e e subiu todo o vestido ate tirar revelando uma calcinha de renda vermelha completamente molhada e seios durinhos a espera de ser abocanhados que foi isso que meu maridão fez assim que os viu sinalizando os abocanhou e fez a festa eu gemia louca de tesão queria mais e mais .Sentiu o pau grosso em minhas coxas , começamos a nos beijar e ainda encostada na parede fui me abaixando devagarinho alisando-o todo o corpo até puxar a samba canção e deixando aquele membro maravilhoso a mostra e logo abocanhei ele estava pronto para isso me provou isso pulando da cueca para fura quase gritando me chupe e latejando em minha boca eu fazia um vai e vem frenético bem como meu Lucas gosta e vi ele delirando de prazer , gemia e me puxava pelo cabelo querendo que seu penis fosse totalmente engolido e eu engolia como se fosse um picole delicioso , quando soltei ele deu um sorriso e me chamou para cima e me beijou. Tudo maravilhoso deitamos no tapete de frente a porta que da uma vista melhor a vizinha pois o show não podia parar e ele ainda com aquele pau delicioso em movimento de ação me chamou para ser levada ao delírio total e Lucas sem medo de ser feliz deitou do chão me puxando junto e falou mais alto do que pretendia e muito ofegante :

– Senta e sejaaaaaa ou melhor me faça feliz .

Logo me deu uma piscadela e eu sentei e pulei como uma vaca mesmo porque assim que eu gosto de ser uma puta na cama e ele ama entra em delírio gemíamos feito loucos , ele me lançava olhares de desejos e me fazia juras de amor – você é muuuito gostosa a melhor mulher na cama que um homem poderia ter .

– Isso vaai engole tudinho meu pau com essa sua bucetinha gostosa .

De certa forma meu tesão aumentava , me dizia que me amava e assim ia .

Eu falava que ele era um tesão :- esse seu pau é uma delicia quero tudinho. E pulava como se estivesse em um touro mecânico .Vez ou outra eu me abaixava encontrando seus lábios deixando meu grelinho todo enterrado até o talo no pinto dele , gemiamos com a pressao e meios seios durinhos encontravam o peitoral dele e entre ofegações, juras de amor e um sonhos realizada para vizinha ao lado , gozamos juntos e gememos muito, cansada e com as pernas ainda tremendo pelo esforço me joguei ao lado dele no tapete dando risada e toda suada . Ficamos ali com porra espalhada no meu grelo e no pau dele e por onde mais tivesse se espalhado e nem ligávamos da vizinha ter nos visto era assim mesmo que queríamos que acontece-se . E nesse fim de tarde olhavamos o sol bater pela entrada da porta da varanda e percebemos também que a vizinha estava saindo naquele instante silenciosamente com medo de ser vista . Caímos ainda ofegantes na gargalhadas e nos abraçamos completamente suados .

Lucas e eu nos sentimos realizados e assim fomos tomar um banho juntinhos e ainda meu marido teve coragem de perguntar para vizinha em uma ocasião que voltávamos os três da padaria da vila ,se ela havia gostado do show e ela claro se fez de desentendida e meu maridao claro deu muita risada.

E eu fiz q boa esposa e disse que meu marido era brincalhão assim mesmo e que esquece-se aquilo , mas tanto eu quanto ela sabíamos do que se tratava .

É isso ai gente qualquer dia eu conto a historia que finalmente a vizinha se revelo a safada .

Contos relacionados

Férias Atriboladas

Férias atriboladas CASO REAL. Manuela nome fictício ,é minha maninha mais velha que eu, uma trintona linda, 1.70cm, seios medios grande,apesar de ter tido dois filhos continua com corpo lindo, um verdadeiro pecado, trabalha desde nova numa...

A Gatinha De E.S. Da Net Para O Hotel

A gatinha de E.S. da net para o hotel A Gatinha de E.S. (da net para o quarto de hotel) Bom, tudo começou pela internet, famoso MSN eu cheguei na sua cidade, me acomodei num hotel bom, logo apos, liguei para ela, te convidei-a a ir me...

Néctar De Flor

Néctar de Flor Eu a conheci naquela noite. Muito bonita, loura(tingida, é claro), cabelos aparados na altura dos ombros, alta, magra, seios bem pequenos, desses que a mulher nunca vai precisar usar sutiã. Fiquei hipnotizada quando a vi num bar...

O Prazer De Ser Corno: Corno Submisso (1)

O Prazer de Ser Corno: Corno Submisso (1) Conforme o relatado em "O Prazer de Ser Corno: Terceira (e Quarta) Vez", nos preparamos para encontrar os dois machos de Mônica naquele fim de semana. Ajudei minha esposa, tanto com as três enrabadas para...

Pau Pra Toda Obra

Um caminhão parou na frente da minha casa e começou a descarregar logo os operários taparam com tapumes um velho sobrado, fixaram as autorizações de construção e iniciaram a demolição do lugar. A partir deste dia o meu contato com o mundo exterior...

Minhas Mulheres

Minhas mulheres Oi me chamo Fábio, tenho 25 anos,sou moreno,1,78 de altura e 76 quilos(estou em forma).Atualmente estou namorando com duas mulheres ao mesmo tempo,calma,não tire conclusões precipitadas,ela sabem...e gostam.Contarei agora como...