Dando Para O Ex Na Porta Do Atual Ficante

Em quase dois anos de namoro, criamos material para vários contos, mas foi após o término que tivemos esta noite gostosa e louca. Havíamos nos afastado há algumas semanas mas basta estar perto que vem aquele tesão e não resistimos. 

Era tarde da noite, por volta de 1:00, e estávamos trocando mensagens pelo celular lembrando de muita coisa que fizemos e de como tudo é sempre gostoso entre nós. Ele estava em um relacionamento como uma moça e só mencionou isso rapidamente. 

Depois de relembrarmos tanta coisa, eu já não estava me segurando mais e pedi para ele vir me buscar em casa porque eu queria fazer algo diferente. Ele ainda insistiu para dormir em minha casa, mas eu enfatizei que queria algo diferente. E assim foi…

A noite estava agradável e ele chegou e já se deparou comigo só de blusa e uma calcinha tipo short. Enquanto estávamos no carro, ficamos discutindo sobre um lugar diferente porque em nossa lista já havíamos aproveitado bastante. No meio das ideias, ele escolheu a porta da casa do rapaz que eu fiquei e, para a segunda, eu escolhi a porta da casa da namorada dele.

Ao chegarmos na porta da casa do rapaz, começamos a nos beijar enquanto minha mão deslizava até o pau dele, que já estava bem duro, e eu comecei a chupar. Quando eu ia sentar no colo dele, ele disparou:

– Nada disso. Se é pra fazer loucura, tem que ser completa.

Ele desceu do carro e abriu a porta do meu lado. Ele me colocou de frente para a parede e, enquanto beijava meu pescoço, disse: “ajoelha”. Quis saber para quê e ele colocou o pau para fora, sem dizer nada. Entendi o recado e comecei um belo boquete na porta da casa do rapaz. 

Ele me levantou e disse ao meu ouvido “você é minha vadia, Ana”, ele, então, começou a me penetrar. Ficamos naquele 'vai-e-vem' gostoso por algum tempo, mas percebemos um veículo no final da rua. Fomos para o banco de trás do carro para continuar o que começamos, afinal a noite só estava começando. Eu parti para o colo dele e comecei a cavalgar com força naquele pau irresistível que me fez gozar duas vezes. 

Mas a nossa aventura tinha outra parada, então era a vez dele e eu- Meu bem, eu quero que você goze pra mim, em homenagem ao Léo (o rapaz que eu fiquei).

Eu deitei no banco e ele me penetrou com força e bem fundo, e seguiu metendo até ele avisar que iria gozar, e aumentou a velocidade das estocadas. Senti seu pau crescer dentro de mim, ele começando a gozar e eu pude gozar junto com ele. 

Depois de alguns minutos, seguimos em direção à casa da namorada dele. Ele estacionou na porta da casa dela e agora era a vez dele de me fazer gozar naquela boca deliciosa dele, em homenagem à moça. Ainda no banco da frente, me pus deitada com as pernas abertas e ele começou a beijar minhas coxas. Ele prosseguiu e, lentamente, passou a ponta da língua na minha buceta, o que me deixa louca de tesão. Enquanto ele me chupava, vimos a segurança do bairro passar duas vezes, mas isso não nos impediu de continuar. 

Eu tentava me segurar para continuar sentindo aquela língua gostosa me provocar e me enlouquecer, mas não pude mais e gozei tão forte que minhas pernas ficaram trêmulas. Eu o beijei e disse que queria que ele gozasse dentro de mim em homenagem à ela. Descemos do carro despidos e fomos para o banco de trás. Ele já havia cuidado de mim, era a minha vez de retribuir. Coloquei o pau dele todo em minha boca, fiz um boquete e o deixei bem duro. Enquanto eu o chupava, ele me pediu:

– Continua, minha cachorra, que eu vou gozar toda a minha porra em sua boca.

Em meio aos gemidos dele, eu senti a porra quente encher minha boca. Engoli tudo, limpei o pau dele e aproveitei que ele tinha acabado de gozar para chupar só a cabeça e ver seu corpo tremer.

Contos relacionados

Jovem Seduzindo A Coroa Gostosa

Jovem Seduzindo A Coroa Gostosa Olá pessoal! Me chamarei aqui de Beto, já escrevi um outro conto para esse site onde contava minha primeira vez (Coroa Safada), quem quiser ver, dá uma olhadinha lá!Bem o que eu vou contar aconteceu cerca de dois anos...

Saudades da minha putinha

Quando a vi, meu corpo inteiro arrepiou-se. Seu sorriso só não era maior do que o brilho nos seus olhos. Nos abraçamos e nos cobrimos de beijos. Seus lábios quentes me aqueceram o corpo, minhas mãos não conseguiam desgrudar do corpo dela e passamos um...

Loucura Com Minha Aluna Universitária

Sou Marcelo, tenho 36 anos e sou professor em uma faculdade particular em Rio Claro, interior de São Paulo. O fato que vou relatar ocorreu em uma sexta feira que antecedia a semana de provas. Como de costume, decidi que faria uma aula de revisão de...

Fodendos Vizinhas Coroas Safadas

Fodendos vizinhas coroas safadas e gostosas . Eu me chamo Leonardo e quando isso aconteceu eu morava com minha mãe em uma cidade litoranea de santa catarina, nesta cidade moram poucas pessoas, mas no verão isto aqui lota, fica tudo cheio a populaçao...

Agora Ele Sabe Que é Corno

Agora ele sabe que é corno Meu nome é Gilda sou casada desde os 20 anos e ele com 22, estou agora com 43 e ele com 45, nunca tivemos filhos e temos um casamento ótimo, raramente brigamos.Todos os verões saímos de férias e neste de 2014 fomos...

Minha Namorada E Uma Foda Inesquecível

Minha namorada e uma foda inesquecível Em 1995 estudava no Senac, em Porto Alegre. Conheci uma moça que tinha dois anos a mais que eu. Ela tinha 27 e eu 25 anos. Era uma moça de origem italiana, atraente, estatura mediana, cabelos ondulados e...