A Minha Amiga Marion De Nova Iorque...

    A minha amiga Marion de Nova Iorque…

    O meu nome é Nuno e vou contar uma história durante visita de uma amiga minha afro-americana de Nova Iorque a Portugal. Conhece-mo-nos em França durante um curso de Francês de Verão e desde ai mantivemos contacto… na altura a net ainda era muito básica e apenas conseguíamos nos contactar por e-mail.

    Criamos entre nós uma grande amizade e acabei por a convidar a visitar Portugal.

    Na altura vivia ainda com os meus pais e tive de ceder o meu quarto para que ela pudesse ficar mais confortável e durante a sua estadia fiquei a dormir no sofá da sala..

    Nos primeiros dias passeamos muito pela minha cidade e divertimos-nos muito…a nossa amizade começava a dar espaço a um desejo de algo mais… eu nunca tinha sentido atracção ou desejo por pessoas de etnia africana, mas ao conviver com a Marion comecei a sentir um desejo que nunca haveria sentido…ela era diferente

    sorridente… divertida…irreverente…e tinha uma presença de impor respeito… era alta de lábios carnudos e tinha uns seios que saltavam à vista..

    Não podíamos negar que nos desejávamos e então naquela mesma noite decidi que tinha de fazer algo…despedimos-nos como habitualmente e esperei que os meus pais se deitassem…quando senti que o meu pai já ressonava então levantei-me do sofá…a excitação era tanta que tremia…em silencio e em passos leves dirigia-me pelo coredor até chegar junto da porta do meu quarto onde ela dormia…não sabia o que ela iria pensar ou se estaria a dormir ou acordada…mas não poderia mais adiar o desejo que sentia…Abri a porta devagar e entrei…ela estava deitada na cama de costas para mim e então deitei-me ao seu lado. Eu estava de boxers e ela de soutien e cuecas pretas… encostei-me a ela e comecei-a a beijar no pescoço… ela acordou ligeiramene assustada…mas quando viu que era eu correspondeu ao meu desejo… comecei então a beija-la e com a minha mão esquerda comecei a apalpar as suas grandes mamas…os mamilos começavam a notar-se por baixo do soutien e o meu pénis já estava enorme e encostava-se a ela…resolvi tira-lo fora e comecei a roça-lo entre as pernas dela….ela começou sentir o meu pénis a roçar na sua cona e eu ao mesmo tempo levantei o soutien e apalpei-lhe aquelas enormes mamas…eram tão grandes que a minha boca não conseguia nem com um terço…só os mamilos dela cabiam na minha boca… agarrei-as com as duas mãos e lambi-as o mais que pude…de repente ela virou-se e começou a fazer-me uma mamada…aqueles lábios carnudos sugavam a minha piça como nunca tinha sentido…sentia a língua dela lamber o meu piço com toda a força… ela lambia com muita força… a sua língua lambia a cabeça do piço com a ponta da língua…depois eu pedi-lhe para que metesse o meu caralho no meio das tuas grandiosas mamas…aí foi uma sensação única…eu nunca tinha sentia o meu piço tão apertado no meio de umas mamas tão grandes…(quase me venho só de relembrar tudo isto que vos escrevo)…

    Depois ela tirou as cuecas dela e abriu as pernas…agarrou na minha cabeça e meteu a minha boca na cona dela…Comecei a lamber a cona dela com toda a tesão…enfiando a minha lingua dentro da cona dela e dois dedos também…metia dentro e fora, dentro e fora, sentindo aquela cona completamente quente e molhada…eu sentia o sabor da sua cona e ao mesmo tempo molhava-a com a minha saliva…lambi tudo…abri a boca de forma a meter tudo dentro dela e chupava muito…

    Ela agarrava a minha cabeça para eu não sair e ao mesmo tempo mexias nas tuas mamas

    apertando os seus enormes mamilos…

    depois eu levantei a cabeça e peguei no meu piço e enterrei-o na cona dela que estava muito apertadinha…

    Comecei a fude-la…o meu piço furava-a com toda a força e velocidade…bem como eu gosto.

    As mamas abanavam por todo o lado e eu agarrei-as com as duas mãos e comecei a lambe-las…eu queria ter uma boca maior para poder meter tudo lá dentro…

    Os teus mamilos estavam grandes e altos e então comecei a cuspir neles e a lamber tudo…

    chupei tanto aqueles mamilos enquanto a fudia com toda a força…

    Os meus testículos batiam com tanta força na sua cona que até fazia barulho…depois ela virou-se de costas e fui-lhe ao cu…

    Doeu muito a entrar, mas depois deu-nos prazer… agarrava as suas mamas por trás enquanto sentia o seu cu bem apertado… ela gemia de prazer…

    Eu apertava aquelas mamas com tanta força só para sentir como eram grandes e pesadas…

    Depois deitei-me e ela sentou-se em cima do meu piço e fudeu-me muito bem…só a escutava dizer “fuck me nuno…fuck me”…

    Eu via o meu piço a enterrar-se na sua cona enquanto ela saltava bem em cima de mim…

    Depois não aguentei mais… tirei-a de cima de mim deitei-na na cama e vim-me em cima das mamas dela…foi lindo ver o contraste das esporra branca com o escuro da pele dela…

    Enquanto deixava cair o meu leitinho nela esfregava a cabecinha do meu caralho nos seus bicos…deixando-os bem pegajosos…

    E esta foi a minha primeira experiancia inter-racial com uma amiga americana de Nova Iorque…

      Contos relacionados

      Sexo Na Oficina

      Sexo na oficina Todo final de tarde ele passava bem devagar em frente à oficina onde eu trabalhava. Eu estava sempre de macacão e com alguma sujeira de graxa ou óleo, mas mesmo assim eu percebia claramente seu olhar vasculhando os cantos da...

      Casada E O Filho Da Empregada Evangêlica

      meu nome é marluce, tenho 44 anos. sempre tive atração por homens mais novos, mais especificamente, pré-adolescentes, mas sempre foi uma fantasia que guardei pra mim, por receio dos julgamentos da sociedade em que vivemos. apesar de não ter...

      Conheci Essa Mulher Na Net

      Em julho deste ano estava de férias e entrei em uma sala de bate papo quando conheci uma mulher de 46 anos. Eu sou Negro tenho 42 anos, batemos um papo muito legal com muita firmeza, ela era muito tímida como sou um homem casado e respeitador conversamos...

      Sexo no onibus

      Olá,..este é mais um dos contos que estarei relando aqui neste site..já contei como aprontei no trem...,mas este sexo no onibus aconteceu em um ônibus interurbano..podem até pensar que vivo viajando,mas não é de fato,.. e também contarei posteriormente...

      Sonhos E Pesadelos

      Sonhos e pesadelos Senti uma antipatia por aquele homem quando ele começou freqüentar a nossa casa mas ele era o namorado da minha mãe e eu não podia dizer nada, assim que eles chegavam eu me trancava no meu quarto porque aquele homem ficava me...

      Conto erótico com minha cunhada

      Conheci minha cunhada no dia em que conheci minha esposa. Estávamos em uma festa, quando fomos apresentados e aí tudo começou. Ela tinha 18 anos, minha esposa 19 anos e eu 21 anos.Minha cunhada tem cerca de 1,65 m e era o tipo normal de mulher, sem chamar...