Peguei Casada Pela Internet

Meu nome é Hermes, tenho hoje 55 anos, e o que vou narrar aqui, aconteceu comigo, há dois anos, quando eu estava trabalhando em uma cidade de outro estado que não o meu. Sou casado há 32 anos e tenho duas filhas, uma com 31 anos e outra com 23 anos. Eu e a minha mulher não nos damos bem, principalmente na cama, pois ela mal permite que eu a penetre na buceta, detesta chupar meu pau, e nem imaginar falar em sexo anal. Não sou do tipo galã, mas sou um coroa até bem apanhado, apesar dos kilinhos a mais. Minha pica é do tipo normal, 15 cm, e eu procuro sempre me manter totalmente depilado nas partes íntimas. Tenho um fogo que nem sei se é normal. Fico com tesão com muita facilidade, até com cheiro de perfume feminino eu fico de pau duro. Não sou do tipo que vai atrás de putas na rua e muito menos em zonas. Prefiro bater minhas punhetas diárias q sair com profissionais/ Pois eu tive que ir trabalhar numa cidade em outro estado, ou seja me mudar e sozinho para lá. Assim foi feito. Para não cair num tédio e entrar em depressão, me apeguei a internet, e descobri uma sala de bate papo, por cidades. Me cadastrei e comecei a navegar toda noite. Numa certa tarde de sábado, eu encontrei uma pessoa numa cidade vizinha a minha cidade de origem (como ia viajar no final de semana seguinte, resolvi procurar alguem na região de origem), e ao convidá-la para conversar, ela atentamente aceitou, mas só se eu dissesse a ela meu estado civil. Como nunca minto, falei que era casado e a situação como ela realmente é, inclusive minha situação de estar morando fora e longe de casa. Rapidamente ela me perguntou se eu tinha celular, e coincidentemente o meu era da mesma opradora dela, e eu tinha um plano que poderíamos falar o dia todo sem pagar a mais do que a mensalidade. Ato continuo, liguei e ficamos mais de quatro horas conversando e falando de nossas vidas. Ela chamava-se Alice, casada, 1 filho, 48 anos. Mas não morava na mesma casa e nem na mesma cidade do marido, que só para casa as uma vez por mes. Combinamos que não falaríamos sobre nossas aparências ou estatura, que somente seríamos duas pessoas. Por volta das 3 horas da madrugada, meu celular toca, olho e vejo que era Alice. atendo e ela já havia desligado. Retorno a ligação e ela me diz que estava pensando em mim até aquele momento e não conseguia dormir. Me confessou que estava excitada e precisava de estímulo para poder se masturbar e gozar para se aliviar do tesão que tomava conta dela. Fizemos então amor po telefone, ela gemia muito e me chamava de cachorro, dizendo ME FODE CACHORRO, ME TE SEU PAU NA MINHA BUCETA, e eu retribuia dizendo ESTOU TE COMENDO SUA PUTA, REBOLA NA MINHA PICA PIRANHA SEM VERGONHA. De repente ela começa a gritar:CARALHO, TÁ VINDO HERMES, VEM COMIGO FILHO DA PUTA, GOZA COMIGO , GOZZZA , AI, QUE GOSTOSO, FODE MINHA BUCETA CARALHO, METE METE,, TÔ GOZANDO , E EU FUI RETRIBUINDO, VOU GZAR SUA PUAT, ENCHER SUA BUCETA COM MINHA PORRA VADIA SAFADA, e acabamos gozando , em seguida ficamos por um tempo em silêncio, aé que Alice me perguntou: Voce gostou meu amor? Respondi que sim, mas que havia me lambuzado todo de porra e precisava me limpar, ela rindo me enviou um beijo e desligamos o telefone. Acordei por volta das nove no domingo, e tinha uma mensagem no celular que dizia: FOI A MELHOR FODA POR TELEFONE DA MINHA VIDA, VOCE FOI DEMAIS, QUERO MAIS. Liguei para Alice, e assim que ela atendeu, começou a dizer coisas que me deixaram com o pau duro na hora, tipo: Bom dia amor, imagina que seu pinto esta na minha boca e eu estou fazendo um boquete perfeito para voce, quero seu leitinho meu vagabundo, cachorro, vem amor, vamos fazer um 69 e gozar de novo, minha buceta tá ancharcada de tesão por voce, que nem sei como é, fode minha boca caralho, e quando ela gritou que tava vindo, que era para gozar na boca dela que ela estava gozando e gritando feito louca, eu que estava a ponto de bala, comecei a gozar ao mesmo tempo que ela gritava e gozava ao outro lado da linha, que gozo. Ficamos a semana toda conversando por telefone quase que a toda hora, e todo momento fazíamos sexo por telefone.  Na sexta feira, eu disse a ela que estaria viajando, e que passaria pela cidade dela por volta das 19 horas, e se ela topasse, poderia dormir por lá naquela noite. Ela topou e quando cheguei na cidade dela por volta das 19:30h ela ja me esperava na praça, parei o carro e vi entrar uma loira linda, mulher bonita bem torneada num vestido agarrado ao corpo, bem perfumada. Olhei para Alice e disse espantado: VOCE EXISTE E É MUITO LINDA, MUITO ALÉM DO QUE IMAGINEI. Ela trêmula me deu um beijo, e disse voce também é muito além do que eu imaginei, mas sai logo daqui antes que alguem nos veja e conte para meu marido. Sai de lá rapidamente, e me dirigi a um motel, mas sexta feira a noite, motel é local de luxo, então fui até a próxima cidade e nos instalamos em um hotel, como noivos.  Ao entrar no quarto, eu a segurei por tras e comecei a passar as mãos por dentro de seu vestido em seus seios, e com a outra  levantava sua o vestido e bolinava em sua bucetinha, já toda molhada, enquanto falava em seu ouvido o quanto eu queria aquele momento, ela toda arrepiada apertava sua bunda em meu pau louco para saltar da calça. Durante nossas sessões sexuais por telefone, ela havia me dito que queria ter um vibrador, e eu comprei um para ela, do tamanho de meu cacete, quando dei a ela, senti que estava dando uma boneca para uma garotinha, tamanho foi sua alegria, tiramos as nossas roupas e fomos para a cama, Alice me pediu para chupá-la e assim o fiz, fui lambendo o grelinho delae descendo até a gruta de sua buceta já lambuzada pelo seu líquido, enquanto ela ficava com o vibrador na mão, ora chupando ora passando nos bicos de seus seios e sempre gritando que eu estava dando a ela , um prazer que nunca teve na vida. Derepente ela começou a gritar, apertou minha cabeça e gozou como nunca vi uma mulher gozar daquela forma na minha língua. Ela desfaleceu por um momento, e por uns minutos ficou quieta, sem se mover ou fazer qualquer movimento, para em seguida pegar meu cacete e começar a chupá-lo frenéticamente. Ai ela parou de súbito, se levatou na cama e encostou meu pau na entrada de sua buceta toda molhada e foi descendo aos poucos e dizendo que eu estava fodendo ela como sempre quis ser fodida. eu ia a loucura. Ela começou a subir e descer em meu pau e gritar coisas como: FODE MINHA BUCETA SEU CACHORRO, METE METE NESSA PUTA QUE TA ENCIMA DE VOCE SEU CAVALO, FAZ O QUE O CORNO NÃOP FAZ, E SUABIA E DESCIA  ATÉ ELA ME CHAMOU PARA GOZARMOS, ELA SENTOU E SE SEGUROU COM MEU PAU TODO DENTRO DELA, E COMEÇOU A GRITAR, aiiaiaii, tô gozando, eu então comecei a jorrar minha porra dentro da buceta de Alice que dizia ESTOU SENTINDO SUA PORRA DENTRO DE MIM, DELICIAAAAAAA, METE FILHO DA PUTA DE HOMEM GOSTOSO…… Ficamos ali, ela deitada em cima de mimcom meu pau já mole na buceta dela por uns 10 minutos. Levantamos e fomos tomar um banho delicioso, muito legal mesmo. voltamos para a cama e ficamos conversando por um tempo, abraçados de conchinha, quando me pau entrou em seu reguinho, e encontando no seu cuzinho, ficou novamente duro, pressionando o rabinho da Alice, ela disse para mim, que era vorgem no cuzinho, mas que seu eu fosse carinhoso e metesse com jeito e devagar, ela estava a fim de perder a virgindade naquela noite para mim, mas tinha uma condição, eu tinha que arrumar um jeitode meter o vibrador na buceta dela enquanto metesse meu pau no cu dela. Fiquei super excitado com a propósta, e como já prevendo que poderia ser uma noite e tanto, eu tinha o gel KY na bolsa. Deitei Alice de costas na cama, levantei suas pernas em meus ombros,lubrifiquei seu cuzinho com o gel, e fui passando com o dedo o gel até dentro de seu reto. lambuzei meu pau com o gel, e fiz o mesmo com o vibrador, e fui enfiando o vibrador em sua buceta, até fica só a base do mesmo para fora, liguei o vibro e ela estremeceu, passei mais um pouco do gel no pau e no cuzinho de Alice, encostei na portinha dio cu dela e forcei, por  estar bem lubrificado e o vibro também estimulando, foi entrando apertado mas ragando seu cuzinho e ganhando espaço, até que senti e vi ele todinho no cu de Alice enquanto ela segrava a base do vibrador em sua buceta. Perguntei a ela se estava desconfortável, ela responde que doía um pouco, mas era o que ela queria e então iria aguentar tudo, devagar fui fazendo o movimento de vai e vem e ela começou a chorar e gemer num misto de dor e tesão, perguntei se ela queria que eu tirasse, ela disse que não, que já estava sentindo era tesão no lugar de dor, e que chorava de felicidade e alegria. fui bombando até ela pedir para eu gozar. GOZA EM MEU CU COM ESSE CARALHO GOSTOSO, QUERO FICAR COM O CU CHEIO DE SUA PORRA SEU FILHO DA PUTA, VAI, ESTOU GOZANDO GOZA CARALHO GOZA, eu então não aguentei mais e comecei a gozar no cu dela, sentia a porra entrar naquele cu maravilhoso e gostoso. Quando acabei de gozar, fui tirando meu cacete de dentro dela, ficamos caidos por mais de meia hora um ao lado do outro.  Levantamos e fomos tomar um banho, já eram mais de uma hora da madrugada. Tomamos um banho e dormimos gostoso.  Por volta de 8 da manhã, ela me chamou, dizendo que precisava ir embora. mas que antes queria meter mais uma vez comigo, começamos com um 69 gostoso, depois eu meti na buceta na posição papai e mamãe, ela gozou rápido e eu demorei um pouco, aí quando senti que ia gozar, sai de cima dela e dei o meu pau para ela chupar, foi questão de pouco tempo, gozei na boca dela e ela bebeu todo o meu leitinho. Tomamos banho e descemos para tomar o café da manhã. Levei-a embora e fui para minha cidade, ainda nos encontramos as vezes, ALICE é a melhor FODA de toda minha vida. Mulheres casadas ou não que quiserem trocar e-mail falando de sacangem ou até mesmo se for de perto, sair para aventura, me escrevam: [email protected]

Contos relacionados

Do Rio Para Ser Corno Em Curitiba

Sou de Curitiba, mas através de outros contos meus, conheci um casal do Rio de Janeiro, Otávio e Ana, ambos empresários e com a fantasia de um menage masculino. Otávio tinha seus 44 anos, boa aparência e Ana seus 25 anos, loirinha bronzeada. Conversamos...

Que Surpresa Gostosa

Que surpresa gostosa Como já relatei em outros contos sou casado, e curto muito fazer sexo de todos os tipos, e neste final de semana passado tive uma surpresa quando caminhava na praia, pra quem não me conhece sou branco e ando em uma cadeira de...

Fodi A Ex Mulher Do Meu Melhor Amigo

Fodi a ex mulher do meu melhor amigo Fodi a ex-mulher do meu melhor amigo O que vou relatar aqui aconteceu na virada do ano de 2010 para 2011 estava na casa do meu tio curtindo a festa da virada do ano junto com vários amigos e amigas, dentre...

2 Priminhas Assanhadas!

2 Priminhas Assanhadas! Olá Leitores.. No ano passado(2008),Eu,e meus dois primos fomos passar um feriado em Angra dos Reis. Eu me chamo Tiago!! No decorrer da viagem nos estávamos falando sobre sexo!!...E eu era o único virgem,,e...

Submissa 

Submissa  Não conseguia entender esse tipo de relacionamento aberto, mas a Ângela arrumou um namorado super liberal e freqüentemente ela se gabava de ter transado com dois ou três homens de uma única só vez, na verdade eu a achava uma grande...

Novos E Deliciosos Prazeres... (2/4)

Novos e deliciosos prazeres... (2/4) Meu nome é Guilherme sou de Atibaia-SP, tenho 23 anos, e como já relatei em um conto anterior estou junto com a minha mulher também de 23 anos descobrindo aos poucos o prazer da ?traição compartilhada?, ou...