Iniciando Em Brasilia

INICIANTES NAS ARTES ? BRASILIA DF

Este fato ocorreu a um tempo já passado, mas gostei muito da experiência. Era uma terça feira de carnaval e eu como gosto de viver momentos de sensualidade e cumplicidade fui a uma casa de swing que existe aqui em Brasília. Estava bem vazio com pouca gente mas gosto daquele ambiente que esbanja sensualidade. Me sentei em uma das salas sozinho tomando um whisky, assistindo a um filme erótico na maior tranquilidade, saboreando a bebida e um charuto!

Já passava da meia noite quando vi que havia chegado na casa um jovem e belo casal, ela era morena tinha 1,55 bem gostosa, com um vestido curto prateado, sem alças, linda seu marido devia ter uns 32 anos, alto bem vestido e como todos sabem, no primeiro momento já se percebe quando o casal e iniciante nas artes sensuais. Pelo movimento da casa deu pra perceber que eles chamaram a atenção dos poucos frequentadores e caminhavam conhecendo todos os ambientes, ladeados por uma funcionaria da casa.

Eu do jeito que estava continuei sentado só observando o que se passava ao longe. Depois de alguns instantes entraram na sala onde estava pra conhecer o ambiente eu os cumprimentei cordialmente, acompanhando com os olhos saírem da sala. Após alguns instantes os dois já cmo bebidas na mão retornaram e sentaram na mesma sala em que eu estava e iniciamos um bate papo, eles me informaram que era iniciantes, que tinham a fantasia de realizar um ménage, eram de uma cidade próxima a Brasília e vieram aqui por ser longe de casa e não iriam encontrar nenhuma pessoa conhecida para dar e proporcionar a eles o devido sigilo. Então conversamos falei com eles sobre algumas realizações, bebemos juntos ate que iniciou um clima legal de sensualidade entre nós 3, ela me beijou e ele foi pegar mais uma bebida para nos beijarmos mais a vontade. Ficamos ali nos beijando e iniciaram alguns toques, como eram iniciantes e já vinham alguns outros homens se aproximando perguntei se não queriam ir a um quarto mais discreto, onde só nos três estaríamos no que o marido topou na hora.

Fomos pra um quarto reservado, fechamos a porta e iniciamos a nos tocar, percebi a excitação e ansiedade dos dois principalmente do marido, logo ao ficarmos nus ela olhou e sorriu, não tenho um pau grande o considero normal, 21 cm ,mas após a cabeça ele e um pouco grosso ela apaupou e gostou. Ela nua era linda pequenina e gostosa, com uma marquinha deliciosa de pequena, foi chupar a bocetinha dela e o marido de tanta ansiedade já há via gozado na boquinha da esposa, ele logo virou ela de quatro e pediu pra ela me chupar, ela veio de quatro chupando meu pau e ele foi enfiando rapidinho nela, sempre olhando ela mamar, caramba o cara gozou rapidinho de novo, ela tava doida pra sentir minha rola na bucetinha bem tratadinha dela, que tesão eu estava naquela mulher. Ela chegou perto com as pernas abertas e eu coloquei a camisinha e fiquei passando a rola na boquinha da bucetinha dela, nossa ela tava com a bocetinha encharcada de tesao, o marido do lado olhando ficou com tesao de novo e pediu pra comer ela mais uma vez antes de mim, mas acho que não deu dois minutos ele já gozava de novo de tanta ansiedade, ela então me olhou determinada e ficou de quatro na minha frente empinando aquela bunda deliciosa, coloquei so a cabecinha, empurrando devagar, ela já se tremendo gostoso, quando ela sentiu a rola toda dentro dela, nossa já gozou gostoso e o marido batendo uma punheta gozou de novo junto vendo a esposinha com uma rola grossa dentro da bucetinha toda. Foi enfiando devagar sentindo aquela gostosa rebolar bem gostoso, ate que ela olhou pra traz passando o dedo na boca e enfiando no cuzinho pra eu ver. Que coisa gostosa acho que meu pau cresceu mais ainda entendendo que ela queria a rola dentro da bundinha dela, tirei o pau da bocetinha pincelando no cuzinho da safadinha, quando o marido percebeu pediu pra eu não meter no cuzinho dela pra não deixar ele arrombadinho, mas a esposa firme falou ? amor eu quero sentir essa rola grossa no meu cuzinho deixa vai, to com tesão nesse pau?! Ele relutante deixou e eu meti bem devagar no cuzinho dela, o marido veio esfregar a bocetinha dela dando o cuzinho, então coloquei ela de ladinho metendo no cuzinho dela pro marido poder ver bem de pertinho, ele esfregava a bucetinha dela , beijava chupava aquela bucetinha enquanto a esposa gemia gostoso dando o cuzinho pra mim!

Terminamos bem gotoso conversamos um pouco e eles se foram. Foi uma foda muito gostosa e sensual, como e bom iniciar um casal legal nas artes sensuais.escorpiaogrosso@gmail.com

Contos relacionados

Eu E J, Que Delícia O Meu Dileto

Fico assim, doidinha dando a bunda sentindo aquela sensação mais duradoura e gostosa, algo incomparável, gosto de sentir algo quente lavar-me por dentro , sempre digo; "se o homem souber como fazer, come minha bunda sempre?, sou uma mulher comum ,...

Meu Primo Maravilhoso

Meu Primo maravilhoso Ola, meu nome e Mariana, e no ano passado tive uma experiência que queria compartilhar com todos, bom sou uma garota muito meiga, tenho 1,70m de altura magrinha, com uma bunda redondinha e não muito grande, seios médios...

Meu Romance Com Cristina V

Meu Romance Com Cristina V Meu nome é Enerson, estava muito feliz quando Cristina, separada á 10 anos, conseguiu uma venda casa do seu apartamento no centro pelo mesmo que também comprei de 50 metros, só que em outro condomínio próximo ao meu....

Meu Gatinho Tarado

Meu gatinho tarado Bem o que passo a contar, tem me deixado muito exitada, pois embora me considere bem dadinha e danadinha, faz tempo que não curtia algo tão bom. Tenho um metro e cinquenta e cinco, sou baixinha, uns 49 ou 50 kg, morena de cor e...

Torturando Um Estreiante No Swing

Torturando um estreiante no swing A Helen, mesticinha japonesa com cabelos loiros naturais, seios fartos, olhos claros mas o melhor muito sacana, como eu. Em uma de nossas baladas apareceu do nosso lado um rapaz que só faltava tremer ao ver a...

Passeio Com Muito Tesão, Sexo Em Público

Tudo o que aconteceu neste conto é real, apenas vou mudar os nossos nomes e vocês sabem porquê! Sou o André, tenho 45 anos, um metro e oitenta, olhos verdes e mais o menos uma boa aparência física. Ela é Inês, 42 anos, um metro e sessenta e sete,...