Meu Eterno Amor

O que passo a relatar e veridico e aconteceu em Curitiba. Há mais ou menos 3 anos atrás conheci em meu trabalho uma pessoa que vou chamar de Gata. Ela casada e eu também.Papo daqui papo de lá, e marcamos de nos encontrar apos o trabalho. Entrou em meu carro e fomos para o estacionamento de um posto de gasolina chegando começamos a conversar e de repente começamos a nos beijar e ela tirou meu pau para fora e começou a chupar com um vigor que até então eu não tinha visto. Eu enfiando os dedos em sua já melada buceta ee em seu cu Maravilhoso. O chupada foi rolando e eu gozei em sua boca aveludada e ela calmamente tomou todo o meu leite. Foi a primeira das muitas chupadas que fui ganhando nestes tres anos que estivemos fudendo. Meu nome aqui fica como Beija-flor. Temos mais algumas historias que contarei após a publicação deste conto até em casas de swing já tivemos.

Contos relacionados

Possuindo A Minha Filha

Possuindo minha filha Com essa moda de rede social agora você tem no celular um monte de grupos nos diferentes tipos de relacionamento, tem o grupo da família, do trabalho, dos amigos, da sacanagem e etc. Todos os dias eu recebo um monte de bom dia,...

Caiu Na Rede é Peixe

Depois de uma bela manhã ensolarada começou a se formar nuvens escuras ao entardecer anunciando a tempestade que estava por vir. Aos poucos as famílias foram se retirando ate que a praia ficou praticamente deserta restando apenas duas amigas que se...

Cumprindo O Desejo De Cornelios

Cumprindo o desejo de Cornelios O relato aqui é verdadeiro, somente os nomes são fictícios para evitar conflitos, Paloma começa a teclar comigo no face. Ela muito comunicativa começou a falar de sua vida, e de um problema, um marido...

Uma Festinha Por Acaso

Uma festinha por acaso Oi gente meu nome é "Pri",o que vou contar aconteceu comigo há 4 anos.Sou morena 1,70 70Kg seios medios olhos castanhos, e filha de um sócio de uma empresa.Meu pai me banca financeiramente em tudo,ele é muito rigoroso...

Meu Padre Favorito

MEU PADRE FAVORITO - Houve uma época que morei com um padre na casa da paroquia dele, isso lá pelos idos de 1963/64. Um senhor polonês com mais ou menos metro e noventa, calculo eu que ele deveria ter por volta dos seus 65 ou 70 anos. Porque fui...

Saindo Do Marasmo.

Saindo do Marasmo. Saindo do Marasmo. Imaginem uma mulher casada, sem filhos e que o marido tenha outras prioridades. imaginaram? Esta sou eu, Jaqueline é meu nome verdadeiro. Meu marido é 5 anos mais velho e tem a situação financeira...