Um Swing Diferente

Há algum tempo que eu e o meu marido temos um post num site de relacionamento, são inúmeras proposta que nos temos que filtrar ate acharmos alguém com quem sentimos alguma afinidade. O marido desse casal com quem saímos nessa ultima vez ficou alguns semanas nos cercando de curiosidades e entre elas, ele queria saber se tínhamos algum problema com intolerância à homossexualidade. É claro que isso foi motivo de risos e eu respondi se ele não tinha visto as minhas fotos no perfil porque eu sou bem feminina tirando os meus vinte centímetros de dote, tanto que eu e o meu marido andamos tranquilamente pelas ruas e é muito difícil alguém percebe que eu não sou mulher. Então ele me explicou que a sua esposa é que tinha aversão a ser tocada por outra mulher e que nas muitas vezes em que conversaram a respeito ela sempre vinha com aquela historia de inverter os papeis querendo saber se ele aceitaria ser tocado intimamente por outro homem e a idéia que ele teve foi procurar nos site de relacionamento uma transexual, uma pessoal que fosse exatamente como eu, bem feminina mais com um enorme detalhe.

No dia combinado fomos a uma boate e lá conhecemos pessoalmente esse casal, sendo que para a esposa dele esse era um encontro casual porque ele não havia mencionado sobre esse nosso encontro. A noite seguiu o mais naturalmente possível ate que a altas horas já se iniciava alguma intimidade entre nos quatro, claro que sem o contato feminino e para ter certeza de que poderia rolar alguma coisa naquela noite eu perguntei para esposa dele se ela era ciumenta, quando ela respondeu que não eu puxei o seu marido para um beijo na boca. Percebi que ela não havia ficado muito a vontade com esse beijo e pedi para o meu marido provar se os lábios dela eram mais doces que os meus. Ela parecia nervosa e olhava para o seu marido como se estivesse lhe pedindo permissão e é claro que ele a incentivou, depois fomos para pista de dança e lá trocávamos de parceiros junto com o ritmo da musica ate que um toque meu mais ousada nela, fez ela me puxar aproximando os seus lábios da minha orelha e falou que a maior fantasia dela era fingir ser uma puta e transar com dois homens ou mais de uma só vez mais ficar esfregando xereca ela não curtia. Afirmei que ela tinha toda a razão e que realmente ter dois homens seria uma delicia e que essa noite eu poderia realizar o desejo dela lhe emprestando o meu marido e apimentei a brincadeira falando para ela, quem sabe essa noite você não consegue muito mais do que você imagina.

Mas alguns drinques e nos havíamos chegados a um entendimento, saímos da boate e seguimos direto para um motel. Chegando lá, já estávamos de comum acordo com o marido dela que queria assistir eu e o meu marido possuindo a esposa dele. Ela ainda estava um pouquinho nervosa com esse encontro as cegas, pois era a sua primeira vez num swing e para lhe tranqüilizar o meu marido lhe serviu mais um drinque enquanto eu beijava o marido dela, logo eles também já estavam se pegando quando eu sugeri para eles que vendasse os olhos dela para que usando apenas os seus sentidos ela pude-se descobrir por quais dos maridos ela estariam sendo deliciosamente possuída. Deitada e nua sobre a cama o marido dela e o meu começaram a acariciar aquela mulher enquanto eu assistia a tudo, assim que eles a colocaram de quatro chupando o meu marido eu cheguei por trás substituindo o marido dela e também comecei a lhe chupar. Ela gemia extasiada enquanto chupava o meu marido que já me fazia sinais para trocar de posição com ele e depois que trocamos mesmo vendada ela sentia a diferença entre ser possuída por outros cacetes e não pelo o do próprio marido. A curiosidade dela para ver essa relação já havia lhe feito tentar retirar a venda algumas vezes então decidimos agilizar o seu desejo lhe dando tudo de uma só vez antes que ela pudesse se travar ao descobrir a verdade. O meu marido que a possuía de quatro deitou-se por baixo dela que começou a lhe cavalgar, eu novamente fui para trás e dessa vez a penetrei com os meus vinte centímetros no rabo lhe arrancando suspiros de prazer e enquanto fazíamos essa dupla penetração o marido dela a colocou para lhe chupar. Neste exato instante ela percebeu o que já vinha há muito tempo desconfiando quando sentiu que havia três cacetes diferentes e que nenhum dos dois que a esta possuindo era o cacete do seu marido. Após retirar a venda apesar do choque que ela sentiu depois da surpresinha ter sido revelada, ela ainda estava muito excitada e não conseguiu parar de empurrar o seu corpo contra os meus vinte centímetros já que entre a gente só seu marido tinha um dote bem menor e então ela se realizou sendo possuída pelos três cacetes de uma só vez.

Trocamos varias vezes de posição e ela muito excitada já não se importava mais com o meu corpo ou a minha aparência feminina já que eu tinha deliciosos vinte centímetros para lhe servir e ate me socou os seus dedinhos no rabo enquanto me chupava ao mesmo tempo em que me via chupando o seu marido, ate ai nada de mais e a noite parecia correr perfeitamente enquanto nos três continuávamos nos revezando para lhe possuir ate que o marido dela resolveu também realizar a própria fantasia ficando de quatro ao lado da mulher me pedindo para ser possuído. O casal já estava de quatro lado a lado e enquanto o meu marido servia a mulher dele por trás, eu empurrava os meus vinte centímetros no rabo do marido dela e acho que ela não suportou ver o seu marido gemendo de prazer mais do que ela com os meus vinte centímetros enfiados no seu rabo, ela olhava incrédula para trás vendo os meus movimentos a lhe possuir, ate que parou com a sua relação e sentou para assistir a minha penetração no rabo do seu marido, como ela cortou a relação e não permitia mais que o meu marido continua-se a lhe tocar, ele se posicionou na frente do marido dela colocando ele para lhe chupar, agarrando nos seus cabelos ele forçava a sua cabeça no vai e vem fazendo ele engolir todo o seu cacete e nesse momento ela saiu na direção do banheiro e nos continuamos nos relacionando na cama ate eu inundar o rabo dele de prazer e o meu marido inundar a sua boca, extasiados enquanto relaxávamos depois de algum tempo que chegamos ao prazer, sentimos a falta dela, nos chamamos e sem resposta fomos ate o banheiro lhe procurar, não a encontramos e as roupas dela haviam sumido o que indicava que ela tinha se vestido e ido embora. Pedimos a conta no motel, nos despedimos e fomos embora, exaustos da noitada dormimos ate depois do almoço no dia seguinte e quando acessei o meu computador a tarde havia um email desesperado do casal amigo onde ele falava que a sua mulher o havia abandonado, quando ele chegou em casa, não há viu e encontrou a casa toda revirada, porque ela simplesmente havia juntado algumas coisas e saiu sem deixar noticias.

É difícil entender as pessoas mal resolvidas e os sentimentos de cada um, mas não podia me sentir culpada pela sua perda se foram eles que nos procuraram para essa relação. Deletamos o casal amigo e continuamos a nossa procurar por novos amigos no site e após uns dois meses eu comecei a teclar com uma pessoa que demorou muito a se identificar, ela me chamava para um primeiro encontro para definirmos alguns detalhes antes de envolvermos os nossos parceiros, a curiosidade acabou me levando a esse encontro e quando lá cheguei o meu contato era a esposa do casal amigo. Ela já havia retornado para casa, o casal já tinha se acertado e ela gostaria de ser iniciada sexualmente por uma mulher e achava que tendo relações com o meu corpo feminino e os meus vinte centímetros de dote a ajudaria superar o preconceito de tocar e ser tocada por outra mulher. Como tínhamos outros amigos no site eu comecei a trabalhar nessa aproximação ate juntarmos o casal amigo com outro casal homossexual que nos conhecíamos nesse site, esse casal era de duas mulheres e sendo assim juntos formávamos três casais e acabamos criando uma outra historia que eu conto para vocês no meu próximo relato.

Contos relacionados

Amigos Certos Na Hora Certa

Amigos certos na hora certa Era um sabado. eu, daniel e minha noiva fomos à um barzinho encontrar com um casal de amigos. Ele, fabio, era meu amigo de longa dela, ela, sarah, era uma morena gata, gostosinha, minha noiva lu, uma morena alta,...

Depois Da Viagem...

Depois de muito bem aproveitada a viagem de avião, chegamos em terra firme. Procedimentos padrão no aeroporto, pegamos nossas malas, e fomos em busca de um dos disputados taxis! Por sorte, logo avistamos um livre, já fomos chamando o motorista para colocar...

Confortar A Vizinha dá Muito Prazer

Hesitei muito em publicar acontecimentos pessoais devido ao risco de ser descoberto, uma vez que apenas relatarei fatos reais. Leio muitos contos e percebo que a grande maioria apenas inventa, baseados em contos de outros, talvez, ou da pura imaginação....

Peguei Casada Pela Internet

Meu nome é Hermes, tenho hoje 55 anos, e o que vou narrar aqui, aconteceu comigo, há dois anos, quando eu estava trabalhando em uma cidade de outro estado que não o meu. Sou casado há 32 anos e tenho duas filhas, uma com 31 anos e outra com 23 anos. Eu e...

Néctar De Flor

Néctar de Flor Eu a conheci naquela noite. Muito bonita, loura(tingida, é claro), cabelos aparados na altura dos ombros, alta, magra, seios bem pequenos, desses que a mulher nunca vai precisar usar sutiã. Fiquei hipnotizada quando a vi num bar...

Propaganda E A Arma Para Os Negócios

Propaganda e a arma para os negócios   De vez em quando a tarde, na casa de minha sogra que morava próximo do parque Barigui, se encontravam p/ conversar na varanda da casa algumas mulheres p/ colocarem as fofocas em dia, como sempre, eu...