Espanhola No Metro

Era greve dos rodoviários e o metro estava super lotado naquele dia, eu havia ficado entre a porta e a cabine final do condutor, entre uma estação e outra era aquele empurra, empurra para entrar e sair da composição, em uma determinada estação uma mulher baixinha forçou passagem para entrar. Eu acabei cedendo o meu lugar para que ela não fica-se sofrendo com o entra e sai da composição durante as paradas na qual a porta abria daquele lado. A nossa diferença de altura associada ao tumulto que estava dentro do metro fez com que o meu pênis fica-se pressionando os seios dela e involuntariamente eu acabei ficando ereto, primeiro foi um leve desconforto para não ficar encostando naqueles seios generosos e depois muita concentração para não ficar olhando para o decote da blusa dela mas, depois de tanto esfrega, esfrega ela acabou ficando excitada. Eu me apoiava na lateral da composição para não esmagá-la e com o balanço do metro e com o empurra, empurra, tirava um sarrinho naqueles seios maravilhosos quando senti uma pegadinha no meu saco, olhei rapidamente para baixo e ela estava com um sorriso no rosto e uma carinha de safada, logo em seguida a mãozinha dela começou a me alisar sobre a calça, desceu meu zíper e introduziu a sua mão, ficou apertando meu pênis enquanto me olhava e mordia os seus lábios a cada pulsação que sentia, depois disso, ela levantou a própria blusa e introduziu meu pênis entre os seus seios e o metro lotado se encarregou de me ajudar a fazer balanço, ela curvou a cabeça para frente, ocultando toda aquela sacanagem dos demais passageiros e ainda tentava passar a lingüinha na cabecinha a cada socada que eu dava passada algumas estações ela sussurrava pedindo para que eu goza-se nos seus seios e eu respondi pedindo para que ela chupa-se, ela curvou um pouquinho os seus joelhos e ficou bem posicionada para engolir, deixou meu pênis todo babado de saliva e tornou a introduzi-lo entre seus seios, desta vez, escorregando melhor, foi inevitável, mas, algumas mexidas e eu jorrei meu esperma sobre seus volumosos seios ela espremeu as ultimas gotinhas contra o bico dos seus seios, baixou a blusa e saiu rapidamente assim que a porta abriu, me deixando com o pênis para fora bem no meio daquela multidão. Tratei de rapidamente guardar e fiquei olhando pela vidraça do metro ela ir embora enquanto a composição ganhava velocidade para prosseguir para sua próxima estação          

Contos relacionados

Melhor Conquista De Sempre

O conto que tenho para vos contar aconteceu à algum tempo. Foi entre mim e uma colega da faculdade. Ela era a rapariga/mulher mais espantosa que alguma vez já conheci. Tinha tudo aquilo que eu desejava numa mulher. Não só a beleza que se adaptava na...

A família Trepadeira

Na minha família as coisas sempre fora muito liberais,dentro de casa só andávamos nus e sempre fomos acostumados com o sexo,sou a mais nova e tenho.um irmão mais velho,mais não é ele que me come duas vezes ao dia e sim meu pai que tirou meu cabaço como...

Eu E Minha Esposa Realizando Nossas Fanta

EU E MINHA ESPOSA REALIZANDO NOSSAS FANTASIAS SEXUAIS Bem essa é a nossa história de aventura e realização de nossas fantasias sexuais, é claro que usei nomes fictícios para contá-la, e também todas as vezes que fizemos sexo com outras pessoas,...

Uma Noite No "Céu"

Uma noite no "Céu" Meu nome é Aghata e tenho, sou morena,do tipo gostosa, cintura fina, quadris largos e seios fartos, tenho 1,68m e 58 kg. Foi em uma noite de quinta-feira, em Agosto deste ano, que vivi uma das melhores noites da minha vida. Era...

Músico Comilão 2

Músico comilão 2 Não sou escritor profissional até por que não sou bom de imaginação, consigo escrever apenas o que vivi. E a história que vou contar agora pode parecer mentira, mas felizmente aconteceu. Em um belo dia eu estava tocando...

Transformando Um Casal

Transformando um casal Eu tenho 1,80 metros e sou loiro e sou dono de uma academia , essa historia começo quando eu vi que um dos maridos das minhas alunas pedia pra ela usar roupas curtas, ela é morena olho azul seios grandes e uma bunda redonda,...