Eu E Minha Esposa Realizando Nossas Fanta

EU E MINHA ESPOSA REALIZANDO NOSSAS FANTASIAS SEXUAIS Bem essa é a nossa história de aventura e realização de nossas fantasias sexuais, é claro que usei nomes fictícios para contá-la, e também todas as vezes que fizemos sexo com outras pessoas, fizemos uso de preservativos para nos proteger e temos como regra nunca beijar na boca das pessoas que contratamos, sempre utilizamos um(a) profissional do sexo, pois assim as coisas ficam mais seguras e nossa intimidade preservada. Espero que gostem e servi de incentivo para outros. Meu nome é Cesar e estou casado há mais de quinze anos, tenho 45 anos e minha esposa Jenifer 40 anos, somos um casal feliz e fiel um ao outro, temos dois filhos, possuímos bons empregos e somos bem-sucedidos em nossas profissões. Mas, depois de tantos anos de casados, o sexo esfriou e frequentemente recorremos a um filme pornô para ficarmos mais excitados. Numa noite eu e Jenifer estávamos deitados em nosso quarto assistindo a um filme pornô enquanto nos masturbávamos antes do sexo ou até gozarmos juntos, quando eu comentei com minha mulher se ela estava gostando de ver aquele pau grande e grosso do ator, se estava com tesão e se gostaria de sentir um pau como aquele dentro da sua bocetinha, ela olhou para mim meio envergonhada e disse que sim, mas que nunca teria coragem, eu então pedi para que ela se imaginasse com aquele pau grande e grosso entrando em sua bocetinha bem devagar enquanto eu a masturbava, e que continuasse assistindo e se imaginando com aquele pau dentro dela, até gozar bem gostoso. Após gozar, Jenifer me retribuiu o carinho e perguntou se eu estava com tesão vendo aquele mesmo ator agora transando com duas mulheres, eu disse que sim, pois este é o sonho de todo homem. Jenifer então disse para mim que continuasse assistindo ao filme e me imaginasse fodendo com aquelas duas garotas, enquanto ela me masturba até eu gozar bem gostoso também. Depois de gozarmos, eu ainda estava muito excitado e fiz uma proposta a Jenifer: você gostaria de viver novas experiências sexuaisó Jenifer pensou um pouco e disse: o que você gostaria de fazer? Eu então falei a Jenifer que se ela aceitasse eu transar com outra mulher, eu aceitaria que ela transasse com um outro homem, um que tivesse um pau maior e mais grosso do que o meu, igual ao do ator do filme que acabamos de assistir. Jenifer ficou meio tímida e disse que não teria coragem, mas depois de muita insistência minha ela acabou aceitando a proposta, desde que fizéssemos isso juntos. Jenifer me perguntou então como iríamos fazer para realizar nossas fantasias, e eu  propus que procurássemos nossos futuros parceiros em um site de acompanhantes, pois seria melhor que as pessoas fossem profissionais do sexo, ela escolheria minha parceira e eu escolheria o parceiro dela, assim os dois teriam uma surpresa na hora do encontro. E onde vamos nos encontrar com eles, perguntou Jenifer. Eu disse que poderíamos marcar os encontros em um motel que frequentávamos de vez em quando e deixar avisado na portaria para que deixassem a pessoa entrar quando chegasse, assim não estragaríamos nossas surpresas. Minha mulher então encontrou um site de acompanhantes e escolheu uma linda garota para mim, cerca de dez anos mais jovem que ela e com um corpo maravilhoso, disse ela, marcou o dia a hora e o local, seria no próximo fim de semana. Eu também entrei no site e marquei com um garoto, também cerca de dez anos mais jovem do que eu, um rapaz forte e bem-dotado, para o fim de semana seguinte ao encontro marcado por Jenifer. Chegou o primeiro fim de semana e eu e minha esposa fomos para o motel, como ela havia combinado com a garota que contratou. Chegamos no quarto primeiro e alguns minutos depois chega a garota, minha esposa então toma a iniciativa, serve uma bebida e pede para que a garota foda comigo bem gostoso. A garota então começa a chupar o meu pau enquanto Jenifer fica nos olhando, depois eu e a garota tiramos nossas roupas, e peço a Jenifer que tirasse a sua também e se juntasse a nós, após Jenifer se despir, ela disse a moça que se deitasse na cama e que eu me aproximasse, pois ela queria segurar o meu pau e o conduzir para dentro da boceta da garota, eu então começo a foder com a garota bem gostoso e peço a minha esposa que participe chupando os peitos da moça junto comigo, e ela começa a chupar um dos peitos enquanto eu chupo o outro, ambos ao mesmo tempo, depois peço para que ela continue chupando-a enquanto eu a fodo, até que a moça e eu gozamos, e então as duas começam a me excitar novamente até que me recupero e transo com minha esposa, enquanto a garota chupa os peitos dela, até que gozarmos juntos também. Voltamos para casa naquele dia felizes e satisfeitos por termos conseguido fazer aquilo, pois ambos havíamos gostado daquela nova experiência sexual, e agora era só aguardaríamos o próximo fim de semana, quando seria a vez de Jenifer. Chegou o segundo fim de semana e novamente eu e Jenifer vamos para o mesmo motel, chegando lá aguardamos a chegada do garoto em nosso quarto, e alguns minutos depois ele bate na porta, eu o recebo, e dessa vez sou eu quem tomo a iniciativa e sirvo uma bebida, logo depois digo ao garoto que pode começar a tirar a roupa de Jenifer e deixá-la excitada, começando por chupar os seus peitos e terminando em sua bocetinha. Falei para a minha esposa que tirasse a roupa do garoto para conferir  a surpresa que ele guardava dentro das calças, Jenifer então abre a calça do rapaz e começa a chupar aquele pau grande e grosso assim como o do ator do filme pornô que ela havia gostado, me sento na poltrona do quarto e fico observando-os. Por fim eu não aguento, tiro minha roupa e começo a me masturbar enquanto vejo minha esposa chupando o pau do garoto. Jenifer então ficou de quatro em cima da cama e falou para o garoto que colocasse aquele pau grande e grosso dentro de sua bocetinha, e pediu para que eu pegasse o pau dele e o introduzisse para dentro dela, assim como ela havia feito com comigo e a garota no final de semana passado, eu não quis contrariar o pedido dela, e no calor da excitação peguei no pau do garoto e o introduzi-lo na bocetinha da minha esposa. Jenifer então pediu para que eu me aproxime de seu rosto para que ela pudesse chupar o meu pau enquanto sentia aquele pau grande e grosso dentro da sua boceta, e com o meu pau em sua boca e o do garoto em sua boceta ela chega ao orgasmo pela primeira vez. Depois de gozar Jenifer olha para mim e diz: vem até aqui meu amor e chupa esse pau gostoso junto comigo, assim como ela havia feito com a garota com quem eu havia transado na semana passada, o garoto ainda não havia gozado e assim eu e minha esposa começamos a chupar juntos o pau do garoto, um de cada vez, e os dois juntos, até que o rapaz gozasse pela primeira vez nos peitos da minha esposa. Mas ela estava tão excitada e com tanto tesão, que queria mais, pois até o momento eu ainda não havia gozado, e ela então começou a chupar o pau do garoto novamente para que ele se recuperasse, e assim que viu que o rapaz havia se recuperado ela pediu para que ele comece o meu cú, e disse para mim que sempre teve essa fantasia de ver seu marido sendo fodido pelo mesmo cara que fodeu com ela também, e diz também que antes ela não tinha a mesma segurança de que têm hoje, após anos de casamento, para realizar esta fantasia, pois antes ela tinha medo de que se alguém comece meu cú eu poderia virar gay e trocá-la por um homem, mas que agora ela sabe que isso não tem perigo e diz que leu em uma revista que o homem também sente prazer quando sua próstata é estimulada, e até mais prazer ao ser penetrado no cú do que sente uma mulher e que ela gostaria que eu experimentasse, e pede para eu ficar de quatro em cima da cama, pega o pau do garoto e o introduz no meu cú, eu no calor da excitação peço apenas para que ela passe lubrificante no meu cú e faça uma massagem antes com seus dedos, assim como ela costuma fazer de vez em quando, e pegue uma camisinha com lubrificante e vista no pau do garoto, Jenifer então veste a camisinha no pau do garoto e o introduz para dentro do meu cú bem lentamente, e eu deixo que ele me penetre, pois eu queria realizar todas as fantasias dela, assim como ela havia realizado as minhas, e logo após o garoto introduzir aquele pau no meu cú, ela se deita por baixo de mim e começa a chupar o meu pau enquanto o garoto me come, até que eu finalmente não aguento mais de tanto tesão e gozo na boca de Jenifer. Novamente voltamos para casa muito felizes e satisfeitos e com muito mais tesão em um pelo outro, igual a quando nos conhecemos, pois as duas experiências sexuais haviam sido espetaculares. Passado alguns meses, enquanto assistíamos a outro filme pornô, decidimos fazer uma nova aventura, mas agora é minha esposa Jenifer quem dá a ideia, ela acabará de ver no filme uma garota fazendo sexo com dois homens e me diz que ficou superexcitada com aquela cena e queria experimentar fazer sexo com dois homens também e com dupla penetração igual ao filme, mas comigo somente observando desta vez. Eu aceito, mas com uma condição, que eu possa fazer o mesmo com duas mulheres na semana seguinte. Jenifer topa e novamente recorremos ao site de acompanhantes, só que desta vez cada um escolherá os seus parceiros, e então marcamos novamente dois finais de semana seguidos no mesmo motel de costume. O primeiro fim de semana chega e  vamos para o motel onde combinamos com os garotos, chegando lá entramos no quarto e aguardamos a chegada dos dois garotos contratados por Jenifer, que minutos depois batem na porta do quarto, eu abro a porta, sirvo uma bebida a todos e me sento na poltrona do quarto para assistir os dois garotos foderem minha esposa. Jenifer era fodida por um dos rapazes enquanto chupava o pau do outro, tirei a minha roupa e comecei a me masturbar, pois estava muito excitado com aquela cena, sentia tesão em ver a satisfação de Jenifer sendo fodida por aqueles dois garotos, que agora a estavam penetrando simultaneamente, um comendo sua boceta e o outro o seu cú, até que nós quatro gozamos. Confesso que foi uma experiência diferente para mim e acho que não consigo mais repeti-la, mas ao menos realizei o desejo de Jenifer, que ficou feliz e me prometeu continuar fiel a mim. O segundo fim de semana chega, e novamente vamos para o motel e chegando lá aguardamos a chegada das duas garotas, que minutos depois batem na porta do quarto, e desta vez é Jenifer quem abre a porta e serve uma bebida a todos, para depois então se sentar na poltrona do quarto e me assistir foder aquelas duas garotas, ora fodendo uma, ora fodendo a outra, e az vezes observando as duas se chuparem comigo no meio, Jenifer tirou a sua roupa e começou a se masturbar, excitada com aquela cena que estava vendo, até que nós quatro gozamos. E para minha surpresa Jenifer me confessou que ficou louca de tesão em me ver trepando com as garotas e não sentiu ciúmes em nenhum momento, diferente de mim ao vê-la com os dois garotos, disse apenas que estava morrendo de tesão e queria chegar logo em casa para transar comigo. Agora duas vezes por ano fazemos algo diferente, continuamos juntos e muito felizes. 

Contos relacionados

A Colegial.

Olá me chamo Valker, vim relatar um fato prazeroso e inesquecível que aconteceu comigo. Eu todas as manhãs costumo fazer o mesmo trajeto para ir ao trabalho, nesse trajeto existe um ponto de ônibus perto de uma praça, sempre via os mesmos rostos. Daí...

Truco Erótico Entre Casais De Amigos

Truco erótico entre casais de amigos Eu (Roberto ) e minha esposa ( Adriana) (nomes fictícios) sempre fomos fiel um ao outro e sempre em nossas transas sempre falamos de nossas fantasias para apimentar e sempre ficamos doidos para realizar mais...

Peguei Minha Cliente E O Esposo!!

Peguei minha cliente e o esposo!! Ola, Boa Tarde! Vou narrar outro conto que aconteceu a uns 70 dias atraz! Depois que passei por uma situação maluca e gostosa em uma das minhas viagens a trabalho, fiquei + safado e sex! certo dia, eu...

No sofá da sala comendo a irmã gostosa enquanto todos dormiam

Quem nunca se imaginou ou sonhou que estava comendo a irmã gostosa! Pois eu comi a minha irmã gostosa e vou contar o inicio meio e fim dessa história. Tudo começou quando ainda era muleque, quando meus irmãos e eu espiávamos ela tomando banho pela...

Tinha De Acontecer

ACABOU ACONTECENDO Vontade antiga, inexplicável, mas a partir dos 55 comecei a sentir impulsos de estar com outro homem.  Vontades não muito comuns. Não queria ser um homossexual, desejava me sentir mulher. Estes desejos se fortaleciam quando passava,...

Me Pagaram De Jeito

Me pagaram de jeito Olá, podem me chama de sedutor veste preto, tenho 32 anos e sou hetero, casado com uma linda mulher e pai de 4 filhos. Trabalho como representante e viajo muito. Certa vez aconteseu uma coisa incrivel, que vou relatar. ...