Briga De Mulheresó

Quando elas eram amigas andavam juntas para todos os lados pareciam irmãs gêmeas, algumas pessoas ate diziam que as duas eram lésbicas, mas a verdade é que essa linda amizade acabou quando elas se interessaram pelo mesmo homem, elas dividiam tudo ou melhor, quase tudo. O cara conhecia as duas e não sei como ele conseguiu fazer para enrolá-las ficando com as duas ao mesmo tempo sem que uma soube-se da outra. O problema começou justamente quando elas descobriram que uma saia com o namorado da outra só que elas não chegavam a uma conclusão de quem era a matriz e quem era a filial. As duas começaram a discutir não sei se pelo direito de ficar com o cara ou pela traição de uma não ter contado para outra que saia com ele. A partir daí começou um campeonato de baixaria entre as duas e essa confusão particular se tornou o deleite publico, primeiro foi uma briguinha sem graça de puxar cabelos e a outra histérica e nervosinha gritando para que a outra lhe solta-se, dias depois foram as fofocas, começou a circular rumores da vida intima das duas e se era verdade ou não, só elas saberiam, então vieram as fotos na rede que provavam algumas das historias que circulavam e levantavam um monte de hipóteses para outras tantas. Não havia mas uma reconciliação e a vida intima delas estava exposta e o único objetivo delas era uma destruir a outra e nesses longos anos de amizade elas tinham vivido muitas aventuras juntas e ambas tinham muito material e veneno para destilar, por vingança uma delas postou uma vídeo na rede onde a outra começava fazendo uma depilação vaginal e depois mostrava ela introduzindo legumes, garrafas e vários outros objetos diferentes na vagina. A outra para não ficar para trás, deu o troco postando um vídeo onde a outra fazia uma masturbação anal. Se elas estavam buscando a popularidade, tinham conseguido porque bem ou mal, todos comentavam quando uma delas passava e vibravam quando elas se cruzavam na rua porque rolava a maior briga e briga de mulher é uma delicia para os vouvyer de plantão porque rolava peitinhos quando as blusas se rasgavam, calcinha quando as saias são levantadas ou elas rolavam no chão de pernas abertas e se não pinta-se alguém para separar da para ver ate uma delas ou as duas nuazinhas porque essa parecia ser a maior intenção das duas, deixar a outra nua em publico e quando elas não se cruzavam bastava acompanhar essa doce briga na rede porque toda semana aparecia um vídeo novo de uma delas sempre em cenas picantes ou pornográficas.    

Contos relacionados

Novinha Safada...

a novinha estava masturbando ai chegam dois homems na casa dela pra concerta o encanamento..ai os homem pega ela no fagra se masturbando ai ela toma um susto..e chama os dois pra transar com ela os homem comesa a pegar no peito dela comec?a tirar a roupa dela...

Comendo A Prima E A "amiga"

Comendo a prima e a "amiga" Olá, neste conto irei usar nomes fictícios. Meu nome é Carlos, tenho 20 anos, 1,80 m de altura, 90 kg, sou moreno, cabelo curto, faço musculação e pratico esportes, tenho o corpo sarado e um pau de 21 x 6 cm. Tudo...

Minha Vida Secreta De Puta

Minha Vida Secreta de Puta Após inúmeros contatos telefônicos, decidimos que nos encontraríamos naquela noite... Apesar do tio de um deles, já ser meu cliente a um certo tempo, fiquei ressabiada com o fato de sair com mais de um homem ao...

Cheiro De Buceta Na Calcinha Usada ? Cont

Cheiro de buceta na calcinha usada   Conto de Mayara Nascimento                                                                              Me chamo Michelli e tenho dezoito anos e sempre gostei daquilo...

A Origem Do Desejo Em Ser Corno

Olá pessoal,  me chamo Júlio e irei  narrar um conto que trata-se de uma história  real. Bom, primeiramente  falarei de mim,  sou rapaz  de 32 anos, moreno, alto , corpo atlético e casado com uma linda  esposinha a mais ou menos 5 anos.  Minha...

Esposa Rabo Melado

me chamo luis 30, esposa carlinha,morena média,cabelo lisinho louro escuro1.68 74quilos rabo enorme ,coxas grossas,bundinha empinada , taradinha ,27anos .Certo dia saiamos de uma festa , anoite em uma estrada de terra um atalho, um pouco menos movimentada...