Punheta

Olá, meu nome é Henrique sou casado há 20 anos com Aline, somos um casal tradicional, eu moreno claro, 1,81 106 kilos sem vícios, ela morena clara, 1,52 60 kilos, cabelos médios. Como o passar do tempo começamos a fantasiar uma terceira pessoa em nossas transas , mas nada além disso até que eu comprei um consolo, fui buscar o que o mercado oferecia de melhor, era um com uma textura boa, macio, grosso, do jeito que ela gostava, quando viu o presente ela adorou, e assim, na maioria das vezes sempre usava. Em um belo dia ela ligou e disse que estaríamos somente nós em casa e que nossos filhos iriam ficar na casa dos avós. Cheguei em casa como sempre, conversamos, falamos do dia, e ela disse que iria tomar um banho e me aguardaria no quarto, foi tomou até que um banho demorado, quando saiu mostrou sua buceta completamente depilada, sem mais já dei uma lambida bem gostosa e fui tomar banho. Quando cheguei no quarto ela estava na internet vendo noticias, fechou o note e disse para que eu deitasse, assim eu fiz. Ela pegou o consolo, e falou: – Imagina que esse é o pau que escolhi, e que quero que seja do meu jeito. Fiquei parado olhando ela foi  pegou uma camisinha de morango e começou a colocar no vibrador, desenrolando até o final, feito começou a lamber e dar pequenas chupadas e falava: é desse jeito que vou fazer com o outro pau, enquanto eu chupo ele eu punheto você, e ela chupava o vibrador com maestria, estava já louco e ela pediu calma. Encostou o vibrador perto do meu pau e começou a chupar os dois e olhava pra mim e falava: – é desse jeito que você quer que eu faça? E com a carinha de puta lambia e chupava gostoso. E nessa noite abrimos a cam e transamos gostoso e os homens que ali assistiam batam sua punheta olhando ela, ela mostrava o rabo, abria a buceta, metia, me chupava, nossa, foi uma noite alucinante. Na semana seguinte fomos a uma casa de swing, fomos para conhecer, chegando lá, conhecemos a casa, ficamos em uma mesa observando, Já eram 2h da manhã levantamos e fomos a uma sala bem grande e com muita pouca luz, encostei na parede e ali ficamos abraçados e beijando, ouvindo os gemidos dos casais que ali se encontravam. Ela ficou de costas pra mim, meu pau estava muito duro, ela tirou ele pra fora e ficou batendo ali, as pessoas passavam e olhavam, até que um homem ficou ao  meu lado olhando, do nada ele começou a bater uma punheta. Minha esposa parou se virou pra mim e começou a me beijar, quando percebi o cara estava esfregando o pau nela, ela se virou e disse algo para ele, o homem  voltou a ficar na parede e ela pegou em seu pau e batia uma punheta bem devagar, acelerava e parava, até que ela começou a bater mais forte e o homem avisou que iria gozar, ela mirou o pau para as pernas e ele gozou muito molhando sua calça, ele veio esfregou o pau derramando a última gota e saiu. Essa foi a nossa história, se alguém quiser comentar, fique a vontade [email protected]

Contos relacionados

Uma Festinha Por Acaso

Uma festinha por acaso Oi gente meu nome é "Pri",o que vou contar aconteceu comigo há 4 anos.Sou morena 1,70 70Kg seios medios olhos castanhos, e filha de um sócio de uma empresa.Meu pai me banca financeiramente em tudo,ele é muito rigoroso...

Comendo A Prima E A "amiga"

Comendo a prima e a "amiga" Olá, neste conto irei usar nomes fictícios. Meu nome é Carlos, tenho 20 anos, 1,80 m de altura, 90 kg, sou moreno, cabelo curto, faço musculação e pratico esportes, tenho o corpo sarado e um pau de 21 x 6 cm. Tudo...

Banho De Rio Com Muito Sexo

Banho de rio com muito sexo Ola meu nome é j, 1,80 de altura, 79 kg, moreno, a história que eu vou contar aconteceu a + ou- 2 anos, sou funcionário publico municipal de uma pequena cidade do interior de minas gerais cerca de natureza por todas as...

Quero Fazer Xexo Gostoso Com Vc

quero sexo gostoso com loiras ou morenas peutudas 

Dando Para O Priminho Nas Férias

Dando para o priminho nas férias Olá, meu nome é Myrella, tenho cabelos pretos e longos, tenho seios bem grandes e durinhos e bubum médio e empinadinho, e tenho a pele bronzeada, vou relatar pra vocês, como foi minha transa com meu primo!...

Uma Suruba Gostosa

Sempre no trabalho, via Michel, o servente de pedreiro e continuávamos nos encontrando. Abri o jogo com ele e falei sobre o Álisson. Pensei que ele fosse ficar com raiva de mim e nem quisesse mais me ver. Para minha surpresa, a reação dele foi outra:...