Punheta

Olá, meu nome é Henrique sou casado há 20 anos com Aline, somos um casal tradicional, eu moreno claro, 1,81 106 kilos sem vícios, ela morena clara, 1,52 60 kilos, cabelos médios. Como o passar do tempo começamos a fantasiar uma terceira pessoa em nossas transas , mas nada além disso até que eu comprei um consolo, fui buscar o que o mercado oferecia de melhor, era um com uma textura boa, macio, grosso, do jeito que ela gostava, quando viu o presente ela adorou, e assim, na maioria das vezes sempre usava. Em um belo dia ela ligou e disse que estaríamos somente nós em casa e que nossos filhos iriam ficar na casa dos avós. Cheguei em casa como sempre, conversamos, falamos do dia, e ela disse que iria tomar um banho e me aguardaria no quarto, foi tomou até que um banho demorado, quando saiu mostrou sua buceta completamente depilada, sem mais já dei uma lambida bem gostosa e fui tomar banho. Quando cheguei no quarto ela estava na internet vendo noticias, fechou o note e disse para que eu deitasse, assim eu fiz. Ela pegou o consolo, e falou: – Imagina que esse é o pau que escolhi, e que quero que seja do meu jeito. Fiquei parado olhando ela foi  pegou uma camisinha de morango e começou a colocar no vibrador, desenrolando até o final, feito começou a lamber e dar pequenas chupadas e falava: é desse jeito que vou fazer com o outro pau, enquanto eu chupo ele eu punheto você, e ela chupava o vibrador com maestria, estava já louco e ela pediu calma. Encostou o vibrador perto do meu pau e começou a chupar os dois e olhava pra mim e falava: – é desse jeito que você quer que eu faça? E com a carinha de puta lambia e chupava gostoso. E nessa noite abrimos a cam e transamos gostoso e os homens que ali assistiam batam sua punheta olhando ela, ela mostrava o rabo, abria a buceta, metia, me chupava, nossa, foi uma noite alucinante. Na semana seguinte fomos a uma casa de swing, fomos para conhecer, chegando lá, conhecemos a casa, ficamos em uma mesa observando, Já eram 2h da manhã levantamos e fomos a uma sala bem grande e com muita pouca luz, encostei na parede e ali ficamos abraçados e beijando, ouvindo os gemidos dos casais que ali se encontravam. Ela ficou de costas pra mim, meu pau estava muito duro, ela tirou ele pra fora e ficou batendo ali, as pessoas passavam e olhavam, até que um homem ficou ao  meu lado olhando, do nada ele começou a bater uma punheta. Minha esposa parou se virou pra mim e começou a me beijar, quando percebi o cara estava esfregando o pau nela, ela se virou e disse algo para ele, o homem  voltou a ficar na parede e ela pegou em seu pau e batia uma punheta bem devagar, acelerava e parava, até que ela começou a bater mais forte e o homem avisou que iria gozar, ela mirou o pau para as pernas e ele gozou muito molhando sua calça, ele veio esfregou o pau derramando a última gota e saiu. Essa foi a nossa história, se alguém quiser comentar, fique a vontade [email protected]

Contos relacionados

A Amigo Do ônibus

Olá a todos e principalmente a todas, venho aqui relatar meu conto com intuito de provocar e atrair essas coisinhas maravilhosas que são vocês mulheres e homenagear a minha amiga Ângela (Saudades). Sou louco por sexo, adoro o tesão que o sexo casual...

Como Paguei Por Uma Carona

Olá, meu nome é Rebeca e esta historinha que vou contar aconteceu com um colega da minha sala, do meu curso de contabilidade, o nome dele é JUDSON,ele é um cara muito bonito e simpático. Isto aconteceu uma semana antes de sairmos para o período de...

Trabalhinho Extra

Trabalhinho extra Curso a sétima fase de direito a aproximadamente um ano , um novo aluno foi transferido para minha turma, quando bati os olhos nele já fiquei toda boba e excitada , moreno médio , olhos castanho escuro , malhado , muito malhado...

Alisgm0ljvc

Usando mil mentiras pode-se tnetar solapar uma verdade, mas quantas mentiras se3o necesse1rias para deter uma espada? Assim como uma verdade pode ne3o ser agrade1vel, uma espada pode ter consequeancias nada boas. De sua boca saeda uma espada afiada, de dois...

O Príncipe E A Ninfeta

Era uma vez... A princesa Lola Bom Boquete, que vivia no Reino da Vila Kennedy com seu Príncipe Charlie do Pau Grosso. Lola Bom Boquete era uma safada que adorava chupar o pau de seu homem e tinha um ciúme enorme dele, fazendo-o se sentir especial. A...

Enfim Consegui Comer Minha Cunhadinha!!

Enfim consegui comer minha cunhadinha!! Boa noite, esse conto aconteceu comigo há algumas semanas.meu nome é sandro e tenho 27 anos sou casado e tenho uma cunhadinha de q é uma delicia q se chama DANI Faz alguns meses q venho tentando transar...