Armei Para Minha Esposa Com Negão

Sempre tive vontade de ser corno, tenho uma mulher linda, loira 1,65m 57 kg e uma bunda linda redonda e empinada. Na cama sempre falei coisas como imaginava ela transando com seus ex-namorados, colocando alguém em nossa cama para deixa-la louca. Assim certo dia ela falou quer ser corno vou te fazer, estavamos transando e ela pediu para ir num clube de swing aqui em Curitiba-Pr, levei ela, chegando lá la me pediu para ir no dark room, quarto escuro, o primeiro pau que ela encontrou lá ela virou de costa para o rapaz que colocou uma camisinha e socou muito nela, enquanto ela me chamava de corno e me falava: não era isso que queria tem um homem comndo tua mulher seu corno , chifrudo, depois de ela ter dado para o rapaz que se quer vimos o rosto ou sabemos quem fudeu minha esposa fomos embora, transamos como louco aquela noite ela me chamando de corno e eu a de puta. O tempo passou, tentei várias tentativas novamente, sempre na cama ela me cham de corno quando estamos transando, isso , aumentava a vontade de ver alguém socando na minha bucetinha rosinha. Até alguns anos depois em muita insistência minha ela disse que tinha vontade de dar para um negão, pois, ainda era o tipo de homem que não havia provado. Procurei rapidamente nos bate papos e conversas no msn, até que um dia, conversando no msn com um negão simpático, bem dotado 23 cm, marcamos de nos conhecer, no dia do encontro conversamos bastante, senti ela bem a vontade como o rapaz, porém, não rolou nada aquele dia. Os dias passaram e sempre que eu estava socando nela ela pedia o negão ou eu insistia para ela me chamar de corno e dar para o negão. Um dia qualquer ela exalava sexo, conversei no msn sem ela saber e marquei com o negão num shooping aqui de Curitiba-Pr, Paladium ,orientei ele onde estariamos para ele chegar de surpresa, como se fosse por acaso de nos encontrar, neste dia fiz ela colocar uma calça bm colada e um fio dental minusculo que sumia em sua grande bunda. Chegando lá falei várias besteiras em seu ouvido para deixa-la quente, fogosa, senti que ela gostava de minhas insinuações e provocações. CHegado a hora marcada e local fomos jantar, pouco depois vi o negão já sentado em uma mesa ao Lado, discretamente perguntei a minha eposa, aquele não é o Negão que conhecemos aquele dia e você fala todo dia em nossa cama? ela olhou ficou meio sem saber se era ele mesmo, assim, levantei e comprimeitei ele, que veio até nossa mesa. Minha esposa não sabia o que fazer , ficou eufórica, acho que o tesão ja tomava conta, sabia quem meu plano ia dar certo. Sai da mesa por alguns instantes para deixa-los a vontade, quando retornei reparei que ela estava tranquila e dando risadas com nosso amigo. O Shoping ja estava fechamndo quando perguntei a ela se podia convida-lo para ir lá em casa tomar uma cerveja, mais que rápido ela disse sim. Chegando em casa foi se arrumar colocou uma camisola transparente arrumou nosso quarto câmera em posição e me chamou, falando: chama o negão e me deixa sozinho com ele. Fiz o pedido, mas me escondia atrás da porta, ouvia gemidos e chupadas, quando entrei vi ela fazendo um 69 como negão, me assustei com a ferramenta do menino, era muito grande e grossa, fiquei imaginando a bucetinha de minha mulher receber aquela coisa grossa, ia regassar ela, não deu outra, quando ele pegou ela, colocou ela sentada em seu pau os gritos dela foi inevitavel, auqle pauzão foi entrando devagar e arrebentando a bucetinha de minha mulher, senti, vi sua cara de dor quando ele colocou tudo, aos poucos ela foi se acalmando e sentindo prazer cada estocada daquele pau o gemido da minha mulher era maior, vi minha esposa branquinha com sua bunda enorma recebendo uma vara preta e gorssa demais, o estrago ja estava feito até que ele anunciou o gozo enchendo a bucetinha de minha mulher, vi porra escorrendo pelas pernas dela. Quando ele foi embora ela fez eu cai de boca na buceta della esporrada por um negão, me fez limpar tudo, depois deixou eu come-la mesmo assada para eu ver o tamanho que havia ficado a bucetona dela. Comi ela bem rápido, como bom corno faço tudo que el quer aliás, corno de verdade é aquele que faz a mulher dar na sua própria cama e ainda limpa ela todinha, esse sou eu casado com uma mulhr lind que me faz corno e feliz. Casais que tiverem mesma contade e fantasias e que querem conversar nos adicionem [email protected]

Contos relacionados

A Puta Da Minha Namorada No Uruguai

Bom dia a todos safados e safadas de plantão, vou contar a historia da minha namorada em uma viagem ao uruguai, Nome Ficticio suzi e Meu jorge, ela tem 1,60 de altura, Branca, Bunda bem lizinha e seios Fartos, tenho 1,78 amarelo, 17 cm de pau. Temos 1 ano e...

Virei Casada Safada Na Webcam

Sou uma morena, gostosa de 31 anos de bumbum grande e coxas grossas , desperto o tesão dos homens quando posso pela rua de vestido curto, veja  na foto, adoro me exibir. Eu e meu marido já curtimos de tudo um pouco , realizamos muitas fantasias, mas agora...

Dando Para Um Estranho Que Conheci Na Net

Esse conto que vou revelar é verdadeiro! Meu nome é Renata tenho 28 anos. 1,70 de altura loira olhos verdes, corpo bem distribuido, obs: bumbum bem avantajado! e sou casada ah 3 anos, depois que tive meu filho descobri uma traição do meu marido vi um...

O Quartel (parte 2)?

...CONTINUAÇÃO... Eu sabia que continuava levando chifres. Minha mulher, estava mais abusada, mais ousada e alguns dias, mais cansada sexualmente, era uma maratona sexual. Um dia, eu estava cheio de tesão e resolvi sair mais cedo do...

O Que Acontece Em Luanda

O QUE ACONTECE EM LUANDA Meu nome é Euri, vivo em Luanda, tenho 24 anos. Era uma Sexta Feira acordei cedo, e fui tomar um banho pra ir pró salo, como sempre por causa do transito prefiro caminhar a beira da estrada. Caminhando conheci uma bela...

Siririca No ônibus

Olá, atualmente tenho 18 anos, e o que contarei aqui, é sobre uma experiencia muito boa que tive aos meus 14 anos. Bom, eu estudava em uma cidade um pouco distante da minha, e precisava pegar ônibus todos os dias. Certa vez eu estava no fundo do ônibus...