Banho E Sexo Zoo

Voltamos de umas compras, tarde quente de inverno, por volta de 15:00 hrs, disse a minha esposa, bom dar um banho nos cães, deixa-los cheirosos; ela me olhou com uma cara de safada dizendo: é né, o que vc está tramando, respondo: nada só banho nos cães, pois faz mais de 3 semanas que não tomam banho;

Pego os shampoos, as guias e vou para o banheiro da piscina, coloco a guia em um deles abro o chuveiro, começo a ensaboa-lo, quando ele está bem ensaboado, coloco esse para fora e pego o outro e faço a mesma coisa, quando olho minha esposa está só olhando, vestida com uma blusinha e um shortinho minusculo e diz: vim ajudar, vc não quer ajuda e da um sorriso malicioso; respondo: lógico que queremos, ela ; lógico que queremos!!! eu: sim, queremos essas mãos macias e toma cuidado eles estão muito safados, podem te pegar, ela ri e começa a ensaboar o cão que fica quietinho, sendo esfregado, em certo momento ela esfrega o pau do cão, que saiu com certa facilidade para fora, por causa da espuma, ela esfrega aquele pau rosa, fazendo com que o cão comece a fazer o movimento de meter em sua mão, ela para e diz: agora não safado e fala: pegue o outro vamos enxaguar, pego esse e trago o outro e ela começa a enxaguar, ele balançou o corpo, jogando água para todo lado, molhando ela, deixando os biquinhos dos seios durinho, eu aproveitei fui e dei um apertinho nos seus seios e nos biquinhos, ela me chama de safado, nisso ela começa a enxaguar a parte de baixo do cão, quando chega no pau ela pega e esfrega fazendo que saia o pau rosa para fora e continua esfregando, onde o cão começou a bombar em sua mão, ela para e continua enxaguar, ela levanta e entra debaixo do chuveiro e diz: agora estamos todos bem molhados e vai tirando o shorts e a blusa e me puxa para debaixo do chuveiro e começa a me beijar e pegar no meu pau, eu levo a mão em sua buceta, e digo: nossa está molhadinha de tesão, safada, ela : lógico, alisando três paus, eu coloco um dedo em sua buceta e começo a punheta-la, e ela aperta meu pau, punhetando tb, e o cão ali entre nós, já querendo subir nela, ela abaixa o tronco para chupar meu pau, eu puxo ela um pouco para frente, fazendo com que o cão fique atrás dela, não deu outra, o cão subiu nela tentando meter, sem conseguir, ela me chupando, foi abaixando, eu senti uma chupada forte e um empurrão para trás provocado pela metida do cão quando acertou sua buceta,e começa a movimentar com rapidez, fazendo ela chupar com mais vontade, certo momento ela para e diz: amor o nó dele está inchando muito, faz tempo que não fazemos nada, acho que não vou aguentar,e solta um gemido de ai, humm, e diz que está gozando, segundos depois o cão para de bombar e não sai de cima dela, ela diz: amor ele está todinho dentro de mim, latejando e está doendo um pouco, mas está suportável, e o outro cão do lado de fora começa a latir, eu deixo os dois ali, engatados e vou na direção do outro cão, para acalma-lo, volto e o cão tenta sair de cima dela, e ela pede para não deixar, pois está doendo, devagar viro o cão de bunda para ela, assim ela pode tentar solta-lo, ela fica mais algum tempo e força o corpo para frente, fazendo com que o pau do cão saia, tentou duas vezes e na terceira saiu um pau avermelhado grande, é de dar inveja e fica pindurado abaixo dele, ela se apoia em mim e se levanta, me beija, me chama de safado, e olha para baixo, eu digo: olha, olha o que vc faz conosco, olha o tamanho do pau, ela diz: grande e gostoso, cada dia mais gostoso, começa a se lavar, abaixa e começa a lavar o pau do cão, pega lava e balança dizendo, que pau gostoso e vc gosta de ver ele todinho dentro de mim, né safado, adora ver sua mulher assim como uma cadelinha engatada nele,balançando o pau e me mostrando, eu levanto um pouco sua anca e coloco meu pau de uma só vez na sua buceta, bombei até gozarmos, nisso o cão que está fora começa a latir de novo, eu digo; esquecemos do outro, ainda temos que enxaguar ele, e… olho para ela, e não podemos deixar ele sem nada, né… ela diz: agora sem condições, vamos mais tarde, levamos ele para dentro banheiro tiramos o outro para fora com o pau balançando, enxaguamos e soltamos, tomamos nosso banho entramos e fomos dar uma cochilada…. continua [email protected]

Contos relacionados

Por Acaso Aconteceu Parte 2

Por acaso aconteceu parte 2 Pois bem continuando o conto anterior. Falava que eu e aquela linda mulher estávamos apenas no papo virtual e telefone e muito tesão rolando e ela aprendendo rápido e por ser uma mulher de costumes e de família não...

Submissa 

Submissa  Não conseguia entender esse tipo de relacionamento aberto, mas a Ângela arrumou um namorado super liberal e freqüentemente ela se gabava de ter transado com dois ou três homens de uma única só vez, na verdade eu a achava uma grande...

A Amigo Do ônibus

Olá a todos e principalmente a todas, venho aqui relatar meu conto com intuito de provocar e atrair essas coisinhas maravilhosas que são vocês mulheres e homenagear a minha amiga Ângela (Saudades). Sou louco por sexo, adoro o tesão que o sexo casual...

A Vizinha E A Tela Da Cerca

A vizinha e a tela da cerca Em 1992 por ser filho de policial militar fomos obrigados a morar numa cidadezinha chamada Maravilhas, bem pequena no interior de minas gerais. Estava com 18 anos, quando cheguei na nova casa que era cercada de tela e...

não ? Um Conto - Foi Real! Parte 03

Não é um Conto - Foi Real! Parte 03 A pedidos estou enviando mais uma parte da continuação da minha história que, ao contrario de muitas outras, é real e não fictícia. Como esta terceira parte é uma continuação, para aqueles que não leram a...

Eu A Esposa Transando No Estac/ Shopping

EU A ESPOSA TRANSANDO NO ESTACIONAMENTO SHOPPING Ola galera sou bodiar, moro em Floripa, e sou viciado em sexo, minha esposa apesar de reclamar de muita sexo, Eu faço o possível para inovar. Estou querendo que Ela experimente outro,mas Ela não quer,...