Banho E Sexo Zoo

Voltamos de umas compras, tarde quente de inverno, por volta de 15:00 hrs, disse a minha esposa, bom dar um banho nos cães, deixa-los cheirosos; ela me olhou com uma cara de safada dizendo: é né, o que vc está tramando, respondo: nada só banho nos cães, pois faz mais de 3 semanas que não tomam banho;

Pego os shampoos, as guias e vou para o banheiro da piscina, coloco a guia em um deles abro o chuveiro, começo a ensaboa-lo, quando ele está bem ensaboado, coloco esse para fora e pego o outro e faço a mesma coisa, quando olho minha esposa está só olhando, vestida com uma blusinha e um shortinho minusculo e diz: vim ajudar, vc não quer ajuda e da um sorriso malicioso; respondo: lógico que queremos, ela ; lógico que queremos!!! eu: sim, queremos essas mãos macias e toma cuidado eles estão muito safados, podem te pegar, ela ri e começa a ensaboar o cão que fica quietinho, sendo esfregado, em certo momento ela esfrega o pau do cão, que saiu com certa facilidade para fora, por causa da espuma, ela esfrega aquele pau rosa, fazendo com que o cão comece a fazer o movimento de meter em sua mão, ela para e diz: agora não safado e fala: pegue o outro vamos enxaguar, pego esse e trago o outro e ela começa a enxaguar, ele balançou o corpo, jogando água para todo lado, molhando ela, deixando os biquinhos dos seios durinho, eu aproveitei fui e dei um apertinho nos seus seios e nos biquinhos, ela me chama de safado, nisso ela começa a enxaguar a parte de baixo do cão, quando chega no pau ela pega e esfrega fazendo que saia o pau rosa para fora e continua esfregando, onde o cão começou a bombar em sua mão, ela para e continua enxaguar, ela levanta e entra debaixo do chuveiro e diz: agora estamos todos bem molhados e vai tirando o shorts e a blusa e me puxa para debaixo do chuveiro e começa a me beijar e pegar no meu pau, eu levo a mão em sua buceta, e digo: nossa está molhadinha de tesão, safada, ela : lógico, alisando três paus, eu coloco um dedo em sua buceta e começo a punheta-la, e ela aperta meu pau, punhetando tb, e o cão ali entre nós, já querendo subir nela, ela abaixa o tronco para chupar meu pau, eu puxo ela um pouco para frente, fazendo com que o cão fique atrás dela, não deu outra, o cão subiu nela tentando meter, sem conseguir, ela me chupando, foi abaixando, eu senti uma chupada forte e um empurrão para trás provocado pela metida do cão quando acertou sua buceta,e começa a movimentar com rapidez, fazendo ela chupar com mais vontade, certo momento ela para e diz: amor o nó dele está inchando muito, faz tempo que não fazemos nada, acho que não vou aguentar,e solta um gemido de ai, humm, e diz que está gozando, segundos depois o cão para de bombar e não sai de cima dela, ela diz: amor ele está todinho dentro de mim, latejando e está doendo um pouco, mas está suportável, e o outro cão do lado de fora começa a latir, eu deixo os dois ali, engatados e vou na direção do outro cão, para acalma-lo, volto e o cão tenta sair de cima dela, e ela pede para não deixar, pois está doendo, devagar viro o cão de bunda para ela, assim ela pode tentar solta-lo, ela fica mais algum tempo e força o corpo para frente, fazendo com que o pau do cão saia, tentou duas vezes e na terceira saiu um pau avermelhado grande, é de dar inveja e fica pindurado abaixo dele, ela se apoia em mim e se levanta, me beija, me chama de safado, e olha para baixo, eu digo: olha, olha o que vc faz conosco, olha o tamanho do pau, ela diz: grande e gostoso, cada dia mais gostoso, começa a se lavar, abaixa e começa a lavar o pau do cão, pega lava e balança dizendo, que pau gostoso e vc gosta de ver ele todinho dentro de mim, né safado, adora ver sua mulher assim como uma cadelinha engatada nele,balançando o pau e me mostrando, eu levanto um pouco sua anca e coloco meu pau de uma só vez na sua buceta, bombei até gozarmos, nisso o cão que está fora começa a latir de novo, eu digo; esquecemos do outro, ainda temos que enxaguar ele, e… olho para ela, e não podemos deixar ele sem nada, né… ela diz: agora sem condições, vamos mais tarde, levamos ele para dentro banheiro tiramos o outro para fora com o pau balançando, enxaguamos e soltamos, tomamos nosso banho entramos e fomos dar uma cochilada…. continua [email protected]

Contos relacionados

Aventura De Domingo

Bem tudo começou no domingo de manhã onde minha esposa tinha saído com meus filhos para casa da minha sogra. Peguei meu not e entrei na sala de bate papo onde sempre entro quando estou sozinho em casa para me masturbar, sempre tive vontade de ter um pinto...

Minha Tara (3)

Minha esposa era professora e diretora de uma grande escola estadual. Tinha a seus cuidados mais de 2.000 alunos e por consequência dezenas de professores. Quando das festas e comemorações eu era convidado a participar acompanhando-a. Pude observar belas...

Primeira Aventura Sexual

Primeira aventura sexual Me chamo Julia: sou branca, de cabelos escuros cacheados, seios pequenos, bundinha empinada e alta para minha idade na época. Morava com minha mãe e seu ?namorido?, em um Ap pequeno de dois quartos. Prefiro não revelar a...

Julia: Minha Sobrinha Tesuda (parte 1)

Julia: Minha sobrinha tesuda (parte 1) Alberto era um homem que estava prestes a completar 40 anos.Tinha tudo que planejara:Dinheiro,um bom trabalho,carro,casa,sem filhos e uma esposa... Só que nesse ultimo requisito sempre deixava a...

Sergio E Eu

Oi, eu sou Paulo e sempre quis contar minhas experiencias, sou casado tenho filhos e gosto de aventuras, sempre tive transas com homens e sempre preferi os mais velhos, desta vez conhecia o Sergio a uns 2 anos, nos conhecemos numa sala de bate papo e...

Minha Noiva Piranha Do Ex Marido

Prezados...tudo bem. Meu nome é Ítalo tenho 31 anos e moro em Minas Gerais, há dois anos conheci minha noiva Maíra, de 35 anos. Ela ainda era casada quando nos conhecemos, mas não demorou muito para que separasse do marido e começássemos a planejar...