Resistindo a tentação do passado

Olá, por motivos de sigilo todos os nomes são fictícios.

Me chamarei de Laura, tenho 22 anos, sou do interior de Rio Grande do Sul e me casei aos 19 anos por amor. Nosso sexo sempre foi bom, apesar de não ter me casado virgem foi com ele que tive meu primeiro orgasmo durante uma relação sexual. 

Sempre gostei muito de sentir prazer e desde muito nova adora ver vídeos pornográficos, ler contos e quadrinhos eróticos.

Logo depois que eu me casei uma pessoa do meu passado apareceu, ele me dava muito tesão e com certeza se não estivesse casada eu ficaria com ele de novo, eu e ele tínhamos uma química incrível e sempre ficávamos muito excitados quando ficavamos mas isso é outra história. Meu marido apesar de muito atencioso tem problemas com drogas o que sempre me deixa muito chateada e triste.

Depois de 2 anos fugindo desse rapaz que vou chamar de Lucas, sempre o mantendo por perto gostando desse jogo de sedução, mas sempre dizendo que não porque era casada.

Um dia fui na clínica 24h perto do meu bairro e o Lucas estava lá, ele me chamou para fumar um cigarro do lado de fora e eu fui quando nos sentamos lá fora ele começou.

– Nossa como você está linda e gostosa – ele parou e cheirou meu pescoço.

– Seu cheiro me deixa louco nega

Me defendi alegando que estava sem perfume.

– Não é algo da sua pele que sempre me deixou louco, eu não acredito que deixei você escapar – falou com cara de safado que eu conhecia bem, estava muito molhada com aquela situação.

Ele começou a cheira meu pescoço e dar beijos ali, tentou dar chupões mas eu o impedia.

– Nega, eu não vou te dar um chupão eu nunca fiz isso antes.

Mas o medo de chegar em casa com um chupão e meu marido ver era maior.

Nessa hora ele me puxou para um beijo e eu me desvencilhei rápido, não queria beija-lo ainda não estava pronta para ultrapassar esse limite, nessa hora o cigarro tinha acabado e resolvi ir embora.

Eu já tinha sido atendida então só ele voltou para dentro da clínica, eu fui pra casa e me masturbei muito pensando em como eu era gostosa e pensando em como via desejo no olhar desse homem, um desejo que poucas vezes vi no olhar do meu marido, pensei em como seria ficar com ele e sentar na pica que lembrava ser bem bonita e grossa, nesse dia não consegui fazer sexo com meu marido pois só pensava no Lucas em todos os momentos.

Muita coisa aconteceu depois disso mas vou deixar pra outro conto…

Contos relacionados

Minha Cunhada

Minha cunhada Olá!. meu nome e marcos 29 anos e nao vejo motivo pra esconder meu nome verdadeiro.O que venho relatar aqui foi uma das experiencias mais gostosas que ja tive em minha vida. Sou moreno de pele clara ,1.90 m 96 KG bem distribuidos em...

Amor Contado Por Elas - Parte 2

Amor contado por elas - parte 2 A chuva que caia agora de leve sobre o vidro, me fazia sentir feliz, e eu tinha todos os motivos estava com ela, e como ela era perfeita como em um sonho a meia luz daquela cabana e o fogo da lareira era uma faísca...

Fodi A Ex Mulher Do Meu Melhor Amigo

Fodi a ex mulher do meu melhor amigo Fodi a ex-mulher do meu melhor amigo O que vou relatar aqui aconteceu na virada do ano de 2010 para 2011 estava na casa do meu tio curtindo a festa da virada do ano junto com vários amigos e amigas, dentre...

Sexo No Shoping

0 que vou relatar da forma mais fiel possível, aconteceu a cerca de uns 12 ou 13 anos atras. Conhecei pelas salas de bate papo uma mulher que vamos chamar aqui de Ana. Casada e com filhos como eu namoramos pela telinha durante um bom tempo e ela me...

Debaixo Do Nariz Do Sogrão

Debaixo do nariz do Sogrão No começo a minha intenção era só ser leitor dos contos aqui postado. Mas resolvi ativar meu lado escritor e contar algumas experiências vividas por mim e minhas parceiras, hoje venho a relatar para vocês leitores...

Minha Tara, O Inicio.

Olá amigos bom dia. Sou o Cariocaa1976 e vou começar a narrar como me tornei um fissurado em por sexo grupal ménage e voyeurismo, adoro ver minha esposa sendo desejada e adoro vê-la gozar feito louca fico doido de tesão, todos os fatos que virão a...