O Zelador

Oi, me chamo Amanda, casada , atualmente com 31 anos, sem filhos. Sou morena, cabelos lisos , olhos castanhos, bem proporcionada.O que passo a contar aconteceu comigo há 3 anos.

Aproveitando que meu marido estava viajando, marquei um encontro a tarde com um ex-namorado, com quem ainda mantinha um relacionamento. Após uma tarde sexualmente agradável, visto que ele sempre fora um amante competente, passei no supermercado e fiz algumas compras.

Chegando na garagem do prédio onde morava, o zelador principal estava e me ajudou a manobrar o carro na vaga apertada. Saindo do carro, abri a porta traseira e me abaixei para pegar as compras. O vestido que era justo e tinha uma costura atras que estava fraca, se abriu expondo meu bumbum e o fio-dental vermelho da calcinha. Silvio , o zelador, que estava atras de mim ficou me comendo com os olhos.

Me ajeitei como podia , e como ele morava num apartamento ao lado da garagem, perguntei se ele não tinha agulha e linha, pois não podia andar com o vestido aberto pelo hall do prédio.Ele disse que tinha sim e fomos para o apartamento dele.

No apartamento ele mostrou onde estava a linha e agulha e saiu. Como estava numa gaveta baixa, eu me abaixei para pegar expondo meu bumbum de novo. Nesse momento Silvio entrou e me agarrou por trás.

Que isso , Sílvio? Me larga!

Não largo não. Agora você vai dar pra mim. Senão eu conto pro prédio inteiro que você usa calcinha de puta.

Ele não me largou, e foi tirando o meu vestido e minha calcinha com certa violência. Me deixou nua , me sentou na cama dele e tirou pra fora da calça uma rola grande e grossa, como eu nunca tinha visto. E olha que meu marido e meu amante são muito bem servidos.

Passou a rola no meu rosto.

Chupa vadia!

Eu meio que hipnotizada pelo tamanho, comecei a lamber e beijar aquela cabeçona, chupar as bolas, .Ele segurou minha cabeça e colocou um pouco mais fundo.

Já muito excitado, me colocou de 4 e meteu com vontade.Eu também já muito excitada recebi com muito prazer aquela rola grossa.Logo gozamos , com ele jorrando dentro de mim.

Eu fiquei de bruços com ele deitado sobre mim. Me beijando e dando mordidinhas nas minhas costas.

Todos os porteiros te chamam de gostosa do oitavo andar.

Você também me chama assim?

Não . Se você te chamar de alguma coisa , ia te chamar de vadia.

Você me acha vadia?

Pra meter sim…rsrsrs.

Com uma mão ele continuava me acariciando, até que se deteve no meu bumbum. Senti que a rola crescia de novo encostada na minha perna. 

Logo os dedos estavam pressionado meu cuzinho. Ele beija, lambia e mordia meu bumbum.Logo um dedo entrou em mim .Não consegui me conter, soltei um gemido alto.Serviu de estímulo pra ele.

De 4 , vadia!

Nossa, é muito grande .Não vou aguentar!

Puta aguenta qualquer coisa.

Pegou um potinho de brilhantina, e começou a lambuzar meu cuzinho, colocando um dedo por vez. Logo já clocava dois dedos.Dando por satisfeito com a lubrificação, apontou aquela cabeça enorme na entrada e foi forçando devagar. Parecia que estava sendo partida no meio, e nesse momento agradeci ao meu marido por ter me iniciado no sexo anal.

Após ter começado mais lento, aumentou o ritmo, mas não o suficiente pra gozar logo. No fim aumentou o prazer para nós dois.Ao gozar, ele me puxou pelos quadris e enterrou a rola tão fundo que senti os pentelhos dele no meu bumbum.

Saiu de dentro de mim  e me deixou ali acabada. Pegou minha calcinha guardou no bolso da calça.

Essa eu vou guardar de lembrança. E se você não quiser mais dar pra mim , vou mostrar pra todo mundo e falar que você me deu de presente.

Ele saiu, e eu fiquei um tempo ali me recuperando.Costurei o vestido, peguei as minhas compras e fui para meu apartamento.

Hoje eu e meu marido nos mudamos. Não me encontro mais com emu ex-namorado. Mas duas vezes por mês , falto a escola onde trabalho, e volto ao prédio onde morava.

Onde sou regiamente saciada pelo meu zelador.

Contos relacionados

João E A Bicicleta

oi meu nome e joão tenho hoje 27 anos os fatos que vou relatar aconteceram quando tinha 13 anos sou gordinho de bunda grande,e de pernas grossas ou muito grossas , sou loirinho tenho olhos castanho escuro, sempre tive um pinto muito pequeno hoje seria...

Reencontro Animado

Reencontro animado Estávamos sozinhos por toda a semana, eu, o Daniel, o Ali, seu irmão gêmeo Omar, Rodrigo e o Rogério, sempre fomos colegas desde a infância e depois de muitos anos nos reencontramos para uma semana de cachaça, vídeo game e...

Meu Sonho De Consumo

Nair é minha colega de trabalho. Sempre tive muito tesão por ela que tem seios grandes, é de pele clara com 1,70 de altura mais ou menos.Sempre imaginei ouvir seu gemidos na hora em que ela estivesse gozando. De vez em quando dava uma roçadinha de leve...

Duplamente Realizada

Duplamente realizada Duplamente realizada Num belo sábado de sol estou solitária em minha casa, família toda viajando... Som ligado janelas aberta, eis que alguém chama a porta, a principio um desconhecido, logo percebo que se tratam...

Matrimônio

Aconteceu há três meses atrás. Adoro viajar, mesmo sozinho, e desta vez eu tinha ido para a Rússia. São Petesburgo, uma cidade linda. Em um dado momento descobri um circuito de corrida de cavalos, um de meus poucos vícios, acabei indo conhecê-lo. Adoro...

Sonhos E Pesadelos

Sonhos e pesadelos Senti uma antipatia por aquele homem quando ele começou freqüentar a nossa casa mas ele era o namorado da minha mãe e eu não podia dizer nada, assim que eles chegavam eu me trancava no meu quarto porque aquele homem ficava me...