O Zelador

Oi, me chamo Amanda, casada , atualmente com 31 anos, sem filhos. Sou morena, cabelos lisos , olhos castanhos, bem proporcionada.O que passo a contar aconteceu comigo há 3 anos.

Aproveitando que meu marido estava viajando, marquei um encontro a tarde com um ex-namorado, com quem ainda mantinha um relacionamento. Após uma tarde sexualmente agradável, visto que ele sempre fora um amante competente, passei no supermercado e fiz algumas compras.

Chegando na garagem do prédio onde morava, o zelador principal estava e me ajudou a manobrar o carro na vaga apertada. Saindo do carro, abri a porta traseira e me abaixei para pegar as compras. O vestido que era justo e tinha uma costura atras que estava fraca, se abriu expondo meu bumbum e o fio-dental vermelho da calcinha. Silvio , o zelador, que estava atras de mim ficou me comendo com os olhos.

Me ajeitei como podia , e como ele morava num apartamento ao lado da garagem, perguntei se ele não tinha agulha e linha, pois não podia andar com o vestido aberto pelo hall do prédio.Ele disse que tinha sim e fomos para o apartamento dele.

No apartamento ele mostrou onde estava a linha e agulha e saiu. Como estava numa gaveta baixa, eu me abaixei para pegar expondo meu bumbum de novo. Nesse momento Silvio entrou e me agarrou por trás.

Que isso , Sílvio? Me larga!

Não largo não. Agora você vai dar pra mim. Senão eu conto pro prédio inteiro que você usa calcinha de puta.

Ele não me largou, e foi tirando o meu vestido e minha calcinha com certa violência. Me deixou nua , me sentou na cama dele e tirou pra fora da calça uma rola grande e grossa, como eu nunca tinha visto. E olha que meu marido e meu amante são muito bem servidos.

Passou a rola no meu rosto.

Chupa vadia!

Eu meio que hipnotizada pelo tamanho, comecei a lamber e beijar aquela cabeçona, chupar as bolas, .Ele segurou minha cabeça e colocou um pouco mais fundo.

Já muito excitado, me colocou de 4 e meteu com vontade.Eu também já muito excitada recebi com muito prazer aquela rola grossa.Logo gozamos , com ele jorrando dentro de mim.

Eu fiquei de bruços com ele deitado sobre mim. Me beijando e dando mordidinhas nas minhas costas.

Todos os porteiros te chamam de gostosa do oitavo andar.

Você também me chama assim?

Não . Se você te chamar de alguma coisa , ia te chamar de vadia.

Você me acha vadia?

Pra meter sim…rsrsrs.

Com uma mão ele continuava me acariciando, até que se deteve no meu bumbum. Senti que a rola crescia de novo encostada na minha perna. 

Logo os dedos estavam pressionado meu cuzinho. Ele beija, lambia e mordia meu bumbum.Logo um dedo entrou em mim .Não consegui me conter, soltei um gemido alto.Serviu de estímulo pra ele.

De 4 , vadia!

Nossa, é muito grande .Não vou aguentar!

Puta aguenta qualquer coisa.

Pegou um potinho de brilhantina, e começou a lambuzar meu cuzinho, colocando um dedo por vez. Logo já clocava dois dedos.Dando por satisfeito com a lubrificação, apontou aquela cabeça enorme na entrada e foi forçando devagar. Parecia que estava sendo partida no meio, e nesse momento agradeci ao meu marido por ter me iniciado no sexo anal.

Após ter começado mais lento, aumentou o ritmo, mas não o suficiente pra gozar logo. No fim aumentou o prazer para nós dois.Ao gozar, ele me puxou pelos quadris e enterrou a rola tão fundo que senti os pentelhos dele no meu bumbum.

Saiu de dentro de mim  e me deixou ali acabada. Pegou minha calcinha guardou no bolso da calça.

Essa eu vou guardar de lembrança. E se você não quiser mais dar pra mim , vou mostrar pra todo mundo e falar que você me deu de presente.

Ele saiu, e eu fiquei um tempo ali me recuperando.Costurei o vestido, peguei as minhas compras e fui para meu apartamento.

Hoje eu e meu marido nos mudamos. Não me encontro mais com emu ex-namorado. Mas duas vezes por mês , falto a escola onde trabalho, e volto ao prédio onde morava.

Onde sou regiamente saciada pelo meu zelador.

Contos relacionados

Meu Novo Vizinho

Meu novo vizinho Moro sozinho há mais de 4 anos. Com isso me acostumei a viver nu dentro de casa. Chego em casa tirando a roupa e fico pelado o tempo todo. Gosto muito disso. Meu apto fica no 3º andar, não tenho muito papo com vizinhos, só o...

Minha Primeira Vez Com Prazer

Minha primeira vez com prazer Meu nome é Rebeca, tenho a pele morena, cabelos lisos castanhos, peitos medianos, e uma bela bunda. Tinha começado a namorar Luiz há uns 3 meses. No começo ele era todo 'santinho', disfarçava e tentava passar a...

Síndrome De Estocolmo?

Com uma das mãos ele silenciava a minha boca enquanto a outra arrancava a minha calcinha, o peso do seu corpo fixava o meu sobre o solo frio e úmido enquanto as suas pernas afastavam as minhas e num único golpe ele me invadiu dilacerando as minhas...

Conto erótico com minha cunhada

Conheci minha cunhada no dia em que conheci minha esposa. Estávamos em uma festa, quando fomos apresentados e aí tudo começou. Ela tinha 18 anos, minha esposa 19 anos e eu 21 anos. Minha cunhada tem cerca de 1,65 m e era o tipo normal de mulher, sem chamar...

Dei pro meu primo virgem

Meu nome é Mia, tenho 19 anos, sou morena, altura de 1.65, porte magro, cabelo comprido até a bunda.. Enfim, todos dizem que sou muito linda, e chamo atenção de vários homens, os deixando louco. Não seria diferente com meu priminho né. O nome dele é...

Minha Esposa Na Academia Ii

Mais um relato contado por ela .. Após o dia e que treinei perna e meu Instrutor me encochou .. aquilo ascendeu minhas fantasias e motivada pelo meu marido .. arquitetei mais uma brincadeira ... queria ver de novo meu Instrutor excitado.. Cheguei...