Primeiro Boquete Fora Do Casamento

Bem, vou contar qui como foi que virei corno.  Não sou corno propriamente digo, pois minha mulher ainda não foi comida, mas já me considero. Estamos casados a 5 anos e a 1 ano conheci o site Sexlog, por onde vi muitos relados de esposas putas. No inicia entrar apenas para ver a mulher dos outros dando para todo mundo, mas como o tempo passei a imaginar minha mulher naquela situação. Minha esposa é baixinha, 1,55, morena, coxas grossas, bunda gostosa e seios fartos (que amo mamar).  Tudo começou quando ela descobriu que eu estava olhando esse site, onde a maioria dos usuários são esposas putas ou cornos. Eu costumo deixar no anonimo e na pagina fechada, mas num desses dias eu esqueci aberto. Quando retorno ao escritório da casa vejo ela passando pelas fotos e me pergunta??? – Vc já se cadastrou nesse site? Eu respondi: – Só estava dando uma olhada? E ela me perguntou? – Já postou fotos de minha buceta nessa porra? Fiquei vermelho e respondi: – Claro que não. Ele então dá um sorriso safado e pergunta: – Quer me ver sentando numa rola grossa dessasó Não sabia o que responder e disse: – Claro que não (mas acho que minha cara confessava que era sim). Não falamos mais nada. Meses depois fotos viajar para o nordeste, e já até tinha me esquecido daquele episódio. Numa noite, a beira da praia acabamos bebendo um tiquinho mais da conta, e ela começou a dar sorrisinhos para um pescador que arrumava seu barca a frente. Olha para mim e pergunta: – Quer ver um chupar o rolda daquele pescador? Assim vc sabe se gosta ou não de ser corno? Se gostar a gente continua, senão a gente para por aqui e ninguem fica sabendo. Enguli a seco, mas minha pica condenou, ficou dura na hora, então disse: -Sim. Ela me retrucou, então chama lá ele então e fala que sua esposinha quer chupar a pica dele. – Eu não. (respondi) Ela então retrucou novamente; – Claro que é você, vc não quer ser corno? Acabei me convencendo. Cheguei no cara e fui logo falando. – Seguinte amigo, minha esposa está afim de conhecer como é o gosto de uma pica aqui da região. Topas ser chupado por ela? O cara me olha com aquela cara de quem já está acostumado e me fala: – Leva sua esposa até aquela cabana ali em frente.  Voutei e chamei a minha esposa. Percebi logo que ela levantou que sua buceta estava molhadinha. Fiquei até com medo. A cabana era um pouco afastada da praia, uns 200 metros. Dava para ver a praia, mas quem estava na praia não consegui ver direito o que se passava. Chegando na cabana o moço estava sentando na rede, já sem cueca, com a rola dura que nem uma pedra, de uns 19 a 20cm + -. Minha esposa meio que gelou, a ver o camarada já naquela situação. Mas ele gentilmente disse: – Não queria experimentar uma pica da região, taqui! Se quiser pode se achegar e dar uma punhetadinha. Minha esposa sentou-se ao lado da rede e foi logo segurando a rola do moço. Que continuou conversando como se nada tivesse acontecendo. Perguntava da onde viemos, quanto tempo estavamos. Minha esposa olha para minha cara e pergunta: – Pode chupar. Ela cai de boca na pica do moço e começa aquele vai e vem gostoso. Depois de um tempo ele pergunta: – Tá gostando moça? Se quiser mais a gente pode chamar uns amigos. Tudo gente boa, a senhora só faz o que quiser (deu aquele risadinha), se não tirar o não aparecer o nosso rosto pode até tirar foto para levar de lembrança. Minha esposa só concordava, mas não tiva a pica da boca. Na hora de gozar o moço diz: – Madame, vou gozar. Ela tirar o pinto da boca que jorra leite por toda sua cara. Dava para ver que ela queria mais, mas se conteve. A buceta até pingava de tão excitada. Me olha com aquela carinha de satisfação e me pede: – Bem, pode tirar uma foto do lado dessa pica gostosa de recordação da viagem.  Tirei é claro. A primeira de muitas espero. Nos despedimos e pegamos o celular dele e fotos para o hotel. No hotel ela me revelou: – Ainda bem que ele não pediu para me comer, pois do jeito que estava dava até o rabo para aquele pau gostoso. Outo dia conto como isso continua….

Contos relacionados

Minha Prima Adelí

Minha prima Adelí O que vou narrar aconteceu entre eu e minha prima Adelí. Ela é dois anos mais velha do que eu, ela sempre dava um jeito de me provocar. Às vezes puxava a camiseta bastante para baixo, até quase aparecer os bicos dos seios, e...

Minha Mae Meu Sonho

Minha mae meu sonho Olá, já li vários contos de incestos e nunca acreditei muito, mas sempre tive uma tara por minha mãe, até que estimulado pelos contos fui a luta. Desde menino apreciava minha bela mãe. então imagina. Ela Loira, 1,60cm, com...

Casal Triplo X

Casal triplo x Olá! Meu nome é Logam, sou cadeirante, tenho 36 anos, já relatei algumas de minhas aventuras sexuais aqui, agora estou casado, minha esposa, vamos chama-la de Paula. Bem Paula, não é aquilo que possa se chamar de mulherão,...

Esposa Exibicionista 4

Acordei hoje e logo abri a janela e estava um sol forte. Um perfeito dia para ir para piscina. Logo minha esposa acordou e tomamos café tranquilamente e fomos nos trocar para ir ao clube. Minha esposa nessa hora sai do banheiro apenas de camisa, aparecendo...

Briga De Mulheresó

Quando elas eram amigas andavam juntas para todos os lados pareciam irmãs gêmeas, algumas pessoas ate diziam que as duas eram lésbicas, mas a verdade é que essa linda amizade acabou quando elas se interessaram pelo mesmo homem, elas dividiam tudo ou...

Massagem Tântricac

Esse conto que escrevo é real, contando minha fantasia. Eu era louca para experimentar uma massagem tântrica, e como vocês sabem isso é comum para Homens e não tanto para mulheres. Eu sou casada tenho 36 anos e meu marido viaja muito, vivo subindo pelas...