Todo Mundo Merece Um Paulinho....iii

Todo mundo merece um PAUlinho….III

Todo mundo merece um PAUlinho….III (A saga continua)

Olá pessoal, essa é mais uma história de meu deus grego e eu, hoje vou relatar quando transamos no primeiro andar do cursinho pré-vestibular, as aulas só aconteciam no térreo porque o primeiro andar estava desativado e isso é um prato cheio pra que eu e meu anjo da sedução pudéssemos trocar caricias mais algumas vezes.

Ele ao ligar pra mim disse com altivez: Quero ficar com você hoje! Eu não nego o que mais desejo é sempre nosso encontro. Não podíamos demorar, como sempre! Então ele teve essa idéia que de primeiro impacto me pareceu louca demais e depois estava com muita vontade de experimentar. Daí eu topei porque nem era longe pra mim e nem pra ele, porque tínhamos compromisso e ambos não poderiam demorar, para que ninguém sentisse nossa falta e assim o fizemos. Eu subi primeiro e fiquei a sua espera, logo depois ele chegou e como sempre seu fogo é impactante e já chega me devastando e acendendo vorazmente!

Eu estava com um vestidinho verde que ele ao ver encheu os olhos e achou mais que perfeito, na verdade ao me ligar pediu que eu fosse de tal forma e segui a regra o que me pediu tão encarecidamente, amo quando ele fala assim: Há vai… Faz… Ou algo desse tipo, meio que menininho implorando por brinquedo.

Fiquei apreensiva por causa dos alunos lá embaixo, pois alguém poderia subir, ou sei lá o que. Mais ao sentir aquelas mãos me tocando com sofreguidão, sua boca carnuda sugando a minha numa dança de salivas deliciosa, nada mais me importa. Começou então aqueles amassos, seus braços me envolvem num elo que se eu pudesse não soltaria nunca…

Seus dedos brincalhões acham logo a minha buceta, quer brincar com ela, e eu em nada desgosto dessa gostosa brincadeira, os dedos experientes já sabem como conduzir o toque e me levar às alturas. Apesar de ser bem mais alto seu corpão acha um jeitinho e se encaixa prontamente ao meu, atrás de mim ele dá leves mordidas em meu pescoço e ficamos num sarro que em instantes deu início a uma penetração forte e profunda.

Parecia um passo doido de uma dança qualquer, ficar de pé, com aquele homem atrás de mim dando estocadas fortíssimas, não era nada fácil, mais eu estava amando aquela situação, era delirantemente delicioso!

Minhas pernas tremulam e minha boca procura saliva, um gemido engasga na garganta, uma vontade doida de gritar me invade para que de alguma forma eu consiga expressar aquilo que estava sentindo. Mal conseguia abri o olho, só conseguia sentir-me envolvida e invadida por aquela tocha de fogo que ardia e me queimava de prazer.

Freneticamente senti seu gozo quente dentro de mim, um alívio tremendo acomete meu corpo, anseio mais ainda por ter ele pra mim. Seu corpo se inclina, sinto sua respiração em minha nuca, pesada e satisfeita por tal gozada o ter deixado deveras aliviado. Aperta-me contra seu corpo mais uma vez e meio que sem força no instante pra poder falar ele diz: Que gozada maravilhosa hein! Você tem uma buceta deliciosa sabia?

Amo escutar aquela voz e tudo o mais que ele tem a me oferecer…

E mais uma vez nos despedimos, um beijo e o até breve. A vontade de ambos ainda permanece com tal e qual, porém, é esse nosso jeito de se divertir, de matar a saudades e de ansiar por mais dias que se passem até um novo encontro onde sempre tem uma novidade, um sentido e uma loucura diferente.

PAUlinho… Não sei se mereço, mais ?tenho? um!

Ainda não acabou por aqui, essa história tem inúmeros volumes e vale a pena acompanhar e fantasiar junto comigo. Se gostarem espero votos, se não leiam,garanto que vocês podem não apreciar como eu mais com certeza de uma coisa vão imaginar… Quem é esse tal… PAUlinho??????

Beijos de Kellynha queridos leitores e como diria o saudoso Renato Russo: Força Sempre!

Contos relacionados

Minha Filha Virou Minha Mulher

Longe ser um conto, escrever para este site, foi a única forma que encontrei de compartilhar experiência tão delicada que estou vivendo e quem se propuser a lê-lo, gostaria muito de uma opinião. De início, vou contar um pouco da minha vida....

Prazeres De Um Presente De Natal 1

Prazeres de um presente de natal 1 Prazeres de um presente de natal I A muito tempo leio esses contos, mas nunca tive coragem de contar as minhas experiências, até agora, o que vou contar começou em agosto do ano passado. E foi uma das...

Putaria Na Emissora De Tv

Putaria na Emissora de tv Todos os nomes são ficticios pra preservar as indentidades ok. Emissora nota 1.000 (parte 1) Olá,meu nome é Marcelo e o que vou lhes contar aconteceu em abril desse ano de 2010.trabalho com iluminação em uma...

Meu Primeiro Conto Erotico

Resolvi relatar o meu primeiro conto erotico, orgasmo e mulher... falar de uma mulher de verdade... elegante e profissional... aquela que sabe o que quer e sabe fazer um homem ir ?as loucurasó do desejo e prazer... Tudo começa em minha juventude. Eu e meu...

Experiências

A seguir são algumas situações reais que me aconteceram, estou com 56 anos , não sou afeminado, casado, com filhos, no segundo casamento, e gosto de mulher, que me lembre sempre gostei também de homens, experiências na infância ficam para uma outra...

Fodida Em família

Fodida em Família Meu nome é Sofia, morena, cabelos pretos compridos, 176 cm, bunda que chama atenção por onde passo, seios médios, um rostinho angelical. O conto que vou narrar aconteceu ano passado, e é uma história verídica. Eu tinha...