Boneca Eletrizante

Trabalho de eletricista, fazendo manutenção em empresas e residencias em geral. Conheço todo tipo de pessoa e passo por todo tipo de situação.

Numa tarde, depois de já ter feito alguma visitas, fui acionado para comparecer num edifício residencial, para atender a Sra. Leila. Cheguei no apartamento e ela me atendeu. Muito bonita, cabelo preto longo, com corpo invejável, porém logo notei que não era uma mulher normal. 

Sou profissional e logo comecei meu serviço. Ela me acompanhava observando e puxando assunto. Estava com um vestido estampado com um decote generoso nos seios volumosos e calçava uma sandália de salto. 

Confesso que eu estava com tesão e não conseguia tirar os olhos dela que logo percebeu e começou a se insinuar para mim. Abaixava para ver o que eu fazia e eu podia ver quase todo seu seio; meu pau crescia rapidamente e eu já não conseguia esconder. Ela começou a passar a mão na minha perna e pensei que meu pau ia estourar a calça.

Ela começou a me beijar e eu me entreguei. Começamos a nos esfregar e ela começou a tirar minha roupa desesperadamente e pegou meu pau forte e começou a chupar. Que delicia, ela sabia chupar com perfeição, fazia com paixão e não só chupava. se levantou, tirou o vestido e começou novamente a me chupar com a mesma paixão e desejo. pude ver com perfeição seios seios perfeitos. Quase não estava aguentando de tanto tesão. Segurei em sua nuca e a puxei para poder beija-la novamente, agora sentido seus seios em meu peito e sentir seu pau ainda dentro da calcinha, mas com um grande volume. enquanto beijava, fui apalpando seu pau e aos poucos tirei ele da calcinha e ela foi tirando com movimentos de perna. Comecei a masturba-la e ela a mim. ela se virou com a bunda roçando em meu pau e começou a rebolar e apertar meu pau em sua bunda. Segurou com uma das mãos e colocou na portinha de seu cuzinho e começou a enfiar bem devagar. Gemia gostoso!. Quando entrou tudo ela começou a rebolar forte e gemer muito e eu estava maluco de tanto tesão. metia até o fim e ela rebolava e gemia. Gozei logo dentro do cuzinho dela e ela me olhava com cara de safada e se virando, me beijava na boca forte e dizia que queria que eu fosse dela também. Se sentou na cama e praticamente ordenou: “vem cavalgar um pouco!”. Fiquei um pouco assustado, mas ainda estava com tanto tesão que resolvi tentar. Ela tinha uns cremes, que logo começou a esfregar no meu cuzinho e enfiar o dedo para ir amaciando. me sentei sobre ela e logo senti aquele pau entrando. Meu pau começou a lateja e crescer novamente e ela começou a meter forte sem para. Parecia uma maquina, nunca cansava e eu estava adorando. Mandou eu ficar de quatro e me fez de sua boneca. Eu me masturbava enquanto sua rola entrava gostoso e acabei gozando de novo. logo ela gozou e ficamos alí nos beijando por um tempo. tomamos banho junto e eu fui embora. Já fui na casa dela mais umas 3 vezes fazer manutenções e sempre aproveitamos para repetir tudo e mais um pouco!

Moro no sul de minas. aceito contatos com afeminados e Bonecas

Contos relacionados

Na Casa Da Praia

Na casa da praia Era verão no final dos anos 90 e passávamos férias na minha casa de praia. Num final de semana chegou minha filha com vários amigos, na verdade eram três casais, todos jovens e bonitos. Chegaram muito barulhentos, e querendo...

Massagem Tântricac

Esse conto que escrevo é real, contando minha fantasia. Eu era louca para experimentar uma massagem tântrica, e como vocês sabem isso é comum para Homens e não tanto para mulheres. Eu sou casada tenho 36 anos e meu marido viaja muito, vivo subindo pelas...

A Cadelinha E Seu Dono

Chamo-me Kassandra e sou cadela e posse do meu único e amado dono. Neste momento que narro este conto estou sentada naquele meu brinquedo, aquele dono que me deixa toda preenchida do jeito que você gosta. Como combinado estava eu pontualmente as 19 horas...

Soninha Virou Putinha

Soninha virou putinha O primeiro chifre que dei no meu marido corno. Bom, isto e meio difícil, pois não sou muito boa para relatar as coisas, mas vou fazer o possível, quando conheci o Sergio o meu corninho manso, nunca pensei que ia me...

Comendo A Mulher Do Amigo

 Ola e meu primeiro conto que vou relatar hoje... Meu nome e Juninho (fictício) tenho 17 anos, 1,60 altura meio forte e troncudo... O ocorrido foi assim eu trabalhava em um bar da minha família e La sempre freqüentava um amigo meu e a mulher dele, mas de...

Minha Concunhada 20 Anos Eu 40 Anos

Ola, meu nome é RICARDO, casado ha mais de 15 anos, 2 filhos 40 anos, minha concunhada ELIANA, 20 anos na época. Bem não vou me alongar muito quanto a  detalhes do corpo de cada um, porém, somos pessoas bonitas e boa situação financeira, de  familia...